Indy

GUIA 2019: Em estágios diferentes, Kohl, Tomaselli e Dudu Barrichello trilham caminho para Indy

O Brasil segue com boa presença no Road to Indy. Em 2019, três pilotos representam o país: Lucas Kohl disputa no estágio mais alto, a Indy Lights, enquanto Bruna Tomaselli e Dudu Barrichello estão no primeiro degrau, a USF2000

Grande Prêmio / GABRIEL CURTY, de São Paulo
GUIA 2019
🏁 Trio-de-ferro abre na frente e coloca em xeque imprevisibilidade da Indy
🏁 Dixon tenta botar regularidade na frente do atrevimento de Rossi

O Road to Indy vem sendo um território frequentemente ocupado por jovens e promissores pilotos brasileiros. Em 2019 não será diferente, ainda que o contingente de representantes tenha caído pela metade em relação a 2018: de seis para três.
 
No ano passado, Victor Franzoni foi o representante único na Indy Lights, enquanto Carlos Cunha e Rafa Martins estiveram na então Pro Mazda e Lucas Kohl, Igor Fraga e Bruna Tomaselli fizeram a temporada da USF2000. Em 2019, Kohl e Tomaselli seguem no caminho para o topo do automobilismo americano, recebendo a companhia de Dudu Barrichello.
 
Kohl é o mais experiente da turma. Com apenas 20 anos, o gaúcho de Santa Cruz do Sul já tem no currículo três temporadas completas no Road to Indy, todas elas na USF2000, a porta de entradas do programa. A evolução foi clara, com 12º lugar em 2016, sétimo em 2017 e terceiro em 2018 e o resultado foi a promoção direta para a Indy Lights sem precisar passar pela agora Pro 2000.
Lucas Kohl vai defender a Belardi em 2019 (Foto: Indy Lights)
Lucas vai guiar pela Belardi, um dos mais tradicionais times da categoria de acesso à Indy e terá como companheiro de equipe Zachary Claman DeMelo, que teve alguns bons momentos como titular da Dale Coyne em 2018. Além do canadense, os americanos Oliver Askew e David Malukas e o holandês Rinus VeeKay são fortes adversários que Kohl deve ter na luta pelo título.
 
Bruna vai para seu terceiro ano nos EUA, todos eles na USF2000. Aos 21 anos, a catarinense da pequena cidade de Caibi assinou com a poderosa Pabst e vai ter uma chance real de buscar grandes resultados. 
Eduardo Barrichello vai disputar a temporada 2019 da USF2000 (Foto: MV)
Bruna vem em evolução, saltando do 21º para o 16º lugar do seu ano de estreia para a segunda temporada. Um top-5 não seria nada mal para conquistar uma vaguinha na Pro 2000 em 2020.
 
Quem fecha a turma é Eduardo Barrichello, o filho mais velho de Rubens. Aos 18 anos, o garoto vem de uma temporada na F4 norte-americana, terminando em 20º, mas em franca evolução na segunda metade do certame.
 
Dudu vai correr pela Miller Vinatieri, equipe novata formada pelo ex-piloto Jack Miller e pelo kicker da NFL Adam Vinatieri. Não se sabe ainda o real potencial do time, mas Dudu pode ter boas chances na USF2000, categoria com grande quantidade de calouros.