Castroneves assume vaga de Blomqvist e disputa etapas de Detroit e Road America

Depois do acidente na largada da Indy 500, Tom Blomqvist deixa a titularidade da Meyer Shank, ao menos pelas próximas duas etapas. Assim, Helio Castroneves guia o carro #66 no GP de Detroit e no GP de Road America

Helio Castroneves está de volta como titular na Indy. Nesta quarta-feira (29), a Meyer Shank anunciou o brasileiro no comando do carro #66 da equipe na vaga de Tom Blomqvist nas próximas duas corridas: o GP de Detroit e o GP de Road America.

Blomqvist vinha tendo um início de temporada bastante complicado e ficou ainda mais no centro das críticas ao errar logo na primeira volta das 500 Milhas de Indianápolis e causar o acidente que tirou também Marcus Ericsson e Pietro Fittipaldi da corrida.

“Tomar essa decisão foi, de longe, a mais difícil que já tivemos de tomar. Tom segue 100% sendo um membro da nossa família, vai seguir conosco pelo resto da temporada. A decisão não foi tomada facilmente e, depois de muita conversa com Tom e com essa sequência de corridas vindo, decidimos ter Helio guiando em Detroit e Road America”, disse Mike Shank.

Aos 49 anos, Castroneves é um veterano da Indy. Quatro vezes vencedor da Indy 500 e quatro vezes vice-campeão da categoria, o brasileiro foi titular da Meyer Shank nos últimos dois anos, fechando em 18º as duas temporadas.

Tom Blomqvist dá lugar a Helio Castroneves (Foto: IndyCar)

“É justo dizer que os últimos dias foram alguns dos mais complicados da minha carreira. Todo mundo que me conhece sabe o quanto eu amo fazer parte da família Meyer Shank e juntos nós tivemos muito sucesso e vitórias. Estou ansioso para seguir com a equipe e ajudar a conquistar sucesso no futuro”, comentou Blomqvist.

Novato na Indy, Blomqvist é um piloto bastante experiente. O inglês de 30 anos tem vasto currículo, com direito a título do IMSA SportsCar, em 2022, com a própria Meyer Shank. Além disso, correu na Fórmula E, no WEC, no DTM e foi vice-campeão da F3 Europeia de 2014, perdendo para Esteban Ocon e ficando na frente de Max Verstappen.

A Meyer Shank vivia um começo de temporada dos mais interessantes até as 500 Milhas de Indianápolis, quando teve apenas Castroneves no top-20. Mesmo assim, Felix Rosenqvist ainda é nono colocado no campeonato, enquanto Blomqvist aparece em 24º. Helio, com uma corrida só feita, vem em 35°.

O GP de Detroit da Indy está programado para acontecer no próximo fim de semana. Álex Palou lidera o campeonato neste momento com 183 pontos, 20 à frente do segundo colocado Scott DixonWill PowerPato O’Ward e Colton Herta completam o top-5.

Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Indy direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.