McElrea vence corrida 2 da Pro 2000 em Alabama após punição de Rasmussen

Hunter McElrea cruzou a linha de chegada em segundo, mas Christian Rasmussen foi punido, o que abriu a chance de vitória ao neozelandês. Enzo Fittipaldi ficou na décima posição

Hinchcliffe bateu na classificação (Vídeo: Indycar)

O neozelandês Hunter McElrea venceu a segunda corrida da Indy Pro 2000 no Alabama, realizada neste domingo (18). O piloto da Pabst Racing não foi o primeiro a cruzar a linha de chegada, mas contou com uma punição ao dinamarquês Christian Rasmussen para ficar com o triunfo.

Rasmussen largou da pole-position e liderou a corrida inteira. Até que na volta 23, o dinamarquês errou e rodou na curva 5. Ao rodar, bloqueou o rival McElrea, seguiu na ponta e assim se manteve até o fim das 30 voltas. A direção de prova puniu Christian em cinco segundos, e como a vantagem final para Hunter foi de 3s8, perdeu a vitória. O russo Artem Petrov fechou o pódio.

O brasileiro Enzo Fittipaldi fechou a corrida na 10ª colocação. Foi o primeiro top-10 do brasileiro da RP Motorsport na categoria. Ele fechou a corrida atrás de Braden Eves, Jacob Abel, Wyatt Brichacek, Colin Kaminsky, Manuel Sulaimán e o companheiro de equipe Enaam Ahmed.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Imagem
O pódio com McElrea (centro), Rasmussen (esquerda) e Petrov (direita) (Foto: Indy Pro 2000)

Com a primeira rodada completada, Braden Eves é o líder do campeonato com 51 pontos, seguido por Petrov, com 47, e McElrea, com 45. Fittipaldi surge em 12º lugar.

A próxima etapa do campeonato será em rodada dupla nas ruas de St. Pete, na Flórida, entre os dias 24 e 25 de abril.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar