Hunter-Reay admite receio com escolha da Andretti pelos motores Honda a partir de 2014

O campeão de 2012 assumiu que não será fácil se adaptar aos motores Honda. A Andretti usou Chevrolet até o final da temporada 2013

Ryan Hunter-Reay não fez questão de esconder a preocupação com a mudança de motores na Andretti. Para a temporada 2014, a equipe do ex-piloto Michael Andretti trocou a Chevrolet pela nipônica Honda.

Ainda em período de adaptação, o campeão de 2012 admitiu que sente um pouco de medo da equipe não se encaixar com os novos motores. Porém, ressaltou que a mudança para as unidades japoneses, do turbo simples para o bi-turbo, será essencial. 

Ryan Hunter-Reay mostrou preocupação com a adoção dos motores da Honda (Foto: IndyCar)

“Claro que temo. Muito trabalho precisa ser feito. Mas agora com o bi-turbo, acho que podemos alcançar a Chevrolet”, disse.

Hunter-Reay se mostrou confiante quanto às informações da antiga parceira, a Chevrolet. Segundo o norte-americano, a equipe e a Honda sabem onde evoluir, de acordo com o trabalho dos rivais.

“O bom é que temos uma boa referência do que provavelmente está fazendo a Chevrolet. Temos como evoluir. Eu guiei com motores de turbo simples e vi a diferença para os bi-turbo, melhoramos e estamos diminuindo a distância”, afirmou.

A Andretti conta com Marco Andretti – filho de Michael –, James Hinchcliffe e Carlos Muñoz, além de Hunter-Reay.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube