Hunter-Reay surpreende Power no fim e crava pole-position do GP do Alabama. Castroneves é sexto

Atual campeão não fez uma boa primeira corrida, mas ensaiou uma recuperação ao cravar a pole-position neste sábado (6). Ele quebrou o domínio de três temporadas da Penske na pole da etapa

Buscando a recuperação após uma primeira corrida abaixo do esperado, Ryan Hunter-Reay conquistou a pole-position do GP do Alabama, neste sábado (6). Com o cronometro zerado, o piloto da Andretti conseguiu 1min07s087 e vai largar na primeira colocação. O resultado acaba com o domínio da Penske na pista após três temporadas com apenas pilotos da equipe largando na primeira posição.
 
O segundo posto ficou com Will Power, que liderou boa parte da fase final da atividade, mas acabou sendo superado nos segundos finais. Com a exclusão da Takuma Sato do Fast Six, Tristan Vautier herdou a última vaga e fez bonito ao ficar com a terceira colocação. Scott Dixon, Charlie Kimball e Helio Castroneves completam o grupo dos seis melhores. Marco Andretti, Justin Wilson, Sebastian Saavedra e A.J Allmandinger fecharam o top-10. Com a punição, Sato amargou a última colocação da segunda fase – a 12ª.
 
Tony Kanaan, 19º, e Simona de Silvestro, 14ª, ambos da KV, não foram bem e ficaram de fora das fases decisivas da atividade. Bia Figueiredo ainda não encontrou seu melhor rendimento, acabou na última colocação do grupo 1 e larga na penúltima posição.
 
A segunda corrida da temporada acontece neste domingo (7).

Ryan Hunter-Reay ficou com a pole-position da segunda etapa da temporada (Foto: Shawn Gritzmacher/IndyCar)

 
Confira como foi o treino classificatório
 
Grupo 1

 
O primeiro grupo contou com Takuma Sato, Sebastian Saavedra, Dario Franchitti, Scott Dixon, Graham Rahal, Charlie Kimball, A.J Allmendinger, Sébastien Bourdais, Tony Kanaan, Bia Figueiredo, Alex Tagliani, Ryan Hunter-Reay e Simon Pagenaud. E a atividade começou movimentada, com mais da metade do grupo na pista nos primeiros três minutos.
 
Dixon, com 1min08s547, tinha a melhor marca pouco antes do final da primeira metade dos dez minutos que o primeiro grupo tem na pista. Os tempos caíram um pouco, mas o neozelandês seguiu na primeira colocação, com Kimball em segundo e Bourdais em terceiro.  
 
Nos minutos finais, os seis primeiros colocados fizeram tempos na casa de 1min07s, mas quem fez uma marca excelente foi Dixon, que foi o primeiro a andar na casa de 1min06s em todo fim de semana – 1min06s775 foi o tempo dele. Hunter-Reay entrou na pista e foi apenas 0s243 mais lento que a marca do piloto da Ganassi.
 
No fim, além de Dixon e Hunter-Reay, Sato, Saavedra, Kimball e Allmendinger avançaram à segunda fase do treino. Franchitti, Kanaan e Bia Figueiredo ficaram fora.
 
Grupo 2
 
A segunda parte da atividade contou com Helio Castroneves, JR Hildebrand, Simona de Silvestro, Will Power, Tristan Vautier, Oriol Servià, Justin Wilson, Josef Newgarden, James Jakes, EJ Viso, Ed Carpenter e Marco Andretti. E 11 dos 13 não deixaram para adiar a entrada na pista e fizeram isso logo que a bandeira verde foi acionada.
 
Mostrando que vive grande fase, De Silvestro logo assumiu a primeira colocação, mas seu 1min09s068 foi batido por Viso, 0s209 mais rápido. Logo Wilson também ultrapassou a suíça da KV e ficou atrás do venezuelano da Andretti. Um surpreendente Carpenter pulou para primeiro faltando menos de quatro minutos para o final da sessão.
 
Castroneves baixou a marca de Ed em quase 0s5 e pulou para primeiro, mas logo foi superado por Power, o primeiro a se aproximar mais da marca de Dixon no primeiro grupo. Em um treino com tempos piores, mas também equilibrado, as marcas estavam caindo mais e mais nos minutos finais.
 
Nenhum dos pilotos do segundo grupo conseguiu entrar na casa de 1min06s, mas o 1min07s120 feito por Vautier foi o suficiente para colocá-lo na ponta. Wilson, Power, Castroneves, Jakes e Andretti completaram os seis melhores.
 
Grupo 3
 
Quando o relógio apontava exatamente 13h pelo horário de Brasília, a bandeira verde da última fase da classificação foi acionada. E Dixon tratou de se colocar na ponta, quase 1s à frente de Kimball. Nos primeiros três minutos, apenas os dois, mais Sato e Helinho, entraram na pista.
 
Com metade do tempo passado, apenas Allmendinger estava na pista. Todos os outros estavam nos boxes esperando o melhor momento para retornar ou entrar pela primeira vez. E o carro número 2 da Penske conseguiu o segundo posto.
 
A parte final da atividade ficou bastante movimentada, com os 12 pilotos na pista. Com o melhor tempo do final de semana, Dixon não teve dificuldades para conseguir a primeira colocação da penúltima parte da classificação. Atrás dele, Hunter-Reay, Kimball, Sato, Power e Castroneves também avançaram.
 
Fast Six
 
A última fase do treino acabou contando com uma troca. Punido por bloquear Wilson, Sato ficou de fora da sessão. Com isso, Vautier avançou à fase final do treino. Dixon, Power e Castroneves foram os primeiros na pista, com o neozelandês logo pulando para primeiro. Mas logo a sessão ficou sem movimentação, já que todos os carros estavam nos boxes.  
 
Com menos de três minutos para o final, todos os carros estavam na pista. Power detinha o melhor tempo e conseguiu baixar ainda mais sua marca anterior. Dixon vinha atrás, apenas 0s137 mais lento. Quem também vinha bem era Kimball.
 
Mas foi Hunter-Reay que surpreendeu e, com 1min07s087, acabou ficando com a pole-position do GP do Alabama. Power ficou com a segunda colocação e o ótimo Vautier foi o terceiro melhor classificado.

Indy, GP do Alabama, Grid de largada:

1 Ryan HUNTER-REAY EUA Andretti Chevrolet   1:07.087  
2 Will POWER AUS Penske Chevrolet   1:07.330 +0.243
3 Tristan VAUTIER FRA Schmidt Peterson Honda   1:07.361 +0.274
4 Scott DIXON NZL Ganassi Honda   1:07.364 +0.277
5 Charlie KIMBALL EUA Ganassi Honda   1:07.498 +0.411
6 Helio CASTRONEVES BRA Penske Chevrolet   1:07.510 +0.423
7 Marco ANDRETTI EUA Andretti Chevrolet   1:07.489 +0.402
8 Justin WILSON ING Dale Coyne Honda   1:07.496 +0.409
9 Sebastian SAAVEDRA COL Dragon Chevrolet   1:07.631 +0.544
10 AJ ALLMENDINGER EUA Penske Chevrolet   1:07.696 +0.609
11 James JAKES ING RLL Honda   1:07.883 +0.796
12 Takuma SATO JAP Foyt Honda   1:08.956 +1.869
13 Simon PAGENAUD FRA Schmidt Peterson Honda   1:07.240 +0.153
14 Simona DE SILVESTRO SUI KV Chevrolet   1:07.729 +0.642
15 Alex TAGLIANI CAN Bryan Herta Honda   1:07.288 +0.201
16 Ernesto VISO VEN Andretti Chevrolet   1:07.733 +0.646
17 Dario FRANCHITTI ESC Ganassi Honda   1:07.296 +0.209
18 Oriol SERVIÀ ESP DRR Chevrolet   1:07.747 +0.660
19 Tony KANAAN BRA KV Chevrolet   1:07.367 +0.280
20 James HINCHCLIFFE CAN Andretti Chevrolet   1:07.777 +0.690
21 Graham RAHAL EUA RLL Honda   1:07.418 +0.331
22 Josef NEWGARDEN EUA Fisher Hartman Honda   1:07.783 +0.696
23 Sébastien BOURDAIS FRA Dragon Chevrolet   1:07.456 +0.369
24 JR HILDEBRAND EUA Panther Chevrolet   1:07.836 +0.749
25 Bia FIGUEIREDO BRA Dale Coyne Honda   1:08.910 +1.823
26 Ed CARPENTER EUA Carpenter Chevrolet   1:08.636 +1.549

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube