Indy 500 anuncia evento esportivo com maior público na pandemia: 135 mil pessoas

A Indy 500 2021 está pronta para ser o evento de maior concentração de pessoas desde o início da pandemia de Covid-19. Com os casos e mortes em queda nos EUA e no estado de Indiana, a organização resolveu que vai ocupar 40% da capacidade do IMS, ou seja, vender 135 mil ingressos

A Indy 500 de 2021 está pronta para receber um grande público no oval de Indianápolis, mais precisamente, 135 mil pessoas. Nesta quarta-feira (21), o IMS – Indianapolis Motor Speedway – divulgou as diretrizes da prova deste ano, com a expectativa de ter 40% do autódromo ocupado pelo público.

Caso o planejamento da organização de certo, as 500 Milhas de Indianápolis vão se transformar no evento com maior número de pessoas desde o início da pandemia de Covid-19, que forçou a parada e até cancelamento de diversos eventos esportivos em 2020 e 2021 e, consequentemente, gerou uma série de atividades com portões fechados.

A própria Indy 500, em 2020, passou por algo histórico: foi realizada em agosto e sem a presença do público. O retorno dos torcedores é um dos lemas da organização para a 105ª edição da corrida mais tradicional do automobilismo norte-americano.

“Nossos fãs significam tudo para nós, não vemos a hora de termos eles de volta na Indy 500. A cidade e o estado trabalharam junto conosco para que a gente identificasse as precauções necessárias de saúde e segurança para ter um evento de sucesso e com público. A segurança e saúde de todos no IMS foi o ponto central das discussões”, disse J. Douglas Boles, presidente do IMS.

Serão 9 vencedores das 500 Milhas de Indianápolis no grid de 2021 (Foto: Reprodução)

A iniciativa de reabrir os portões ao público vem acontecendo desde a temporada 2020, em determinados eventos. Em 2021, no entanto, o GP do Alabama já teve presença bem maior de torcida e a Indy 500 não vai ser diferente. O cenário é fácil de ser explicado: vacinação avançada, inclusive no paddock da categoria, que já tem 90% de vacinados.

Os números da Covid-19 nos EUA ainda são assustadores, mas já se encontram em um patamar bem menos elevado do que meses atrás, com 26% da população do país totalmente imunizada e 40% com ao menos uma dose de vacina recebida. Isso reflete nos números de Indiana, que encara uma média móvel de 1.240 casos por dia e apenas 10 mortes.

Para garantir a segurança do público, a Indy 500 anunciou algumas medidas para o evento, como o uso obrigatório de máscara dentro do autódromo, a medição de temperatura no portão de entrada, o distanciamento social e a adição de postos de higiene pessoal.

A vacinação no IMS segue normalmente até o final de abril, antes do início das atividades de pista com o GP de Indianápolis e, posteriormente, a Indy 500, que acontece no dia 30 de maio.

GUIA INDY 2021
+ Dixon e Newgarden chegam favoritos em duelo que pode marcar geração
+ Pós-pandemia, Indy mantém regulamento e atrasa nova geração de carros
Pietro Fittipaldi retorna à Indy depois de três anos e consolidação é objetivo
+ Ganassi muda tudo, mas ainda precisa apostar fichas em Dixon na Indy

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar