Indy 500 presta homenagem a maratonistas que não completaram prova em Boston por atentado

Cerca de 35 corredores que não concluíram prova por conta da explosão de duas bombas na Boylston Street, perto da linha final do evento, terminarão de forma simbólica o trajeto, da curva 4 até a linha de chegada de Indianápolis, antes da largada das 500 Milhas

Siga o GRANDE PRÊMIO                     Curta o GRANDE PRÊMIO

Cerca de 35 corredores que participaram da Maratona de Boston e não conseguiram completar a prova em função dos ataques terroristas ao evento, no último mês de abril, irão completar o percurso restante da corrida de maneira especial: no oval de Indianápolis, poucos minutos antes da largada das 500 Milhas.
 
O trajeto do evento simbólico será curto: apenas da curva 4 até a famosa linha de chegada, que ainda conserva os tijolos de sua construção original – o Indianapolis Motor Speedway foi erguido em 1909. O evento terá duração de cerca de cinco minutos.
Atentado em Boston chocou os EUA. Indy fará homenagem neste domingo (26) (Foto: Mario Tama/Getty Images)
Acompanhe a cobertura das 500 Milhas de Indianápolis no GRANDE PRÊMIO
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Doug Boles, chefe de operações do lendário oval de Indiana, se mostrou feliz por poder prestar tal homenagem não apenas aos participantes como também às vítimas das duas bombas que explodiram na Boylston Street, perto da linha de chegada da maratona.

 
"A tragédia do mês passado, em Boston, ainda ressoa em todos, por isso quis dar aos corredores a chance de terminar a corrida na frente de milhares de fãs que irão apreciar sua persistência e a determinação", disse.
 
"Todo mundo vai lembrar das vítimas ao mesmo tempo em que celebra a força e o espírito indomável destes competidores especiais quando eles cruzarem a sagrada linha de tijolos", concluiu o dirigente.

A largada da Indy 500 ocorre neste domingo (26), às 13h (de Brasília).

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube