Indy anuncia padronização de push-to-pass, e cada piloto só poderá acioná-lo dez vezes por corrida

Uma vez acionado, o bônus extra de potência do motor não poderá ser cancelado. O objetivo é fazer com que os competidores não o usem para defender posição, aumentando o número de ultrapassagens

A Indy anunciou nesta segunda-feira (18) a padronização do uso do push-to-pass para a temporada 2013. Neste ano, os pilotos só poderão usar o artifício dez vezes por corrida – sempre em circuitos mistos – e a única diferença é o tempo em que o motor terá potencia extra em cada prova.

Em São Petersburgo, neste fim de semana, por exemplo, os competidores terão um aumento de 200 RPM e 1,5 Psi por 15 segundos, totalizando 150 segundos em toda a prova. Já no Brasil, o push-to-pass durará 20s. Não há intervalo entre o acionamento e o funcionamento do sistema nem algo que impeça o piloto de acionar a peça seguidamente.

Objetivo da Indy é aumentar as ultrapassagens (Foto: Claudio Capucho/Fotoarena)

Outra novidade para 2013 é que uma vez acionado, o artifício não poderá ser cancelado. O vice-presidente de tecnologia da categoria, Will Phillips, explicou que o objetivo é aumentar as ultrapassagens, impedindo que os pilotos usem o botão para defender posições.

“Agora será assim: se o piloto escolher usar o botão, ele não poderá cancelá-lo. Ou ele usa, ou ele perde esta ativação. Desta forma, ficará mais difícil usá-lo como mecanismo de defesa e ele voltará a ser uma oportunidade para a ultrapassagem”, declarou.

O dirigente disse, ainda, que a diferença de tempo do bônus corresponde ao tamanho da reta de cada circuito. “Você precisará tomar mais cuidado, pois serão disponibilizados apenas dez oportunidades durante uma corrida. A duração de cada botão deve cobrir a reta mais longa do circuito, por isso a diferença entre uma pista e outra”, completou.

Confira o tempo do push-to-pass em 2013:

São Petersburgo – 15s por push e 150s no total
Barber – 20s
Long Beach – 20s
São Paulo – 20s
Detroit – 15s
Toronto – 20s
Mid-Ohio – 20s
Sonoma – 15s
Baltimore – 15s
Houston – 15s

O Grande Prêmio acompanha ‘in loco’ a abertura da temporada 2013 da Indy, em São Petersburgo, com o repórter Renan do Couto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube