Indy anuncia três mudanças ao traçado do circuito de Baltimore, palco da penúltima etapa de 2012

Três pontos do circuito de Baltimore serão modificados para a segunda edição da prova, que será decisiva na reta final da atual temporada

A Indy anunciou mudanças no traçado do circuito urbano de Baltimore, palco da 14ª etapa da temporada de 2012 da Indy, marcada para 2 de setembro. As alterações incluem a remoção da chicane da reta de largada, o alargamento da primeira curva e o remodelamento das curvas 5 e 6, e as obras tiveram início nas primeiras horas desta segunda-feira (30).

O circuito, que recebeu a categoria pela primeira vez no ano passado, foi alvo de críticas tanto por seu traçado quanto pelas muitas ondulações do asfalto, que dificultavam a vida dos pilotos. Um dos fatores que causou maior contestação foi a existência de trilhos de trem cruzando a pista. O vencedor da prova de 2011 foi o australiano Will Power, da Penske.

Tony Cotman espera que a prova de 2012 não apresente problemas como a de 2011 (Foto: IndyCar)

Tony Cotman, responsável pelo desenho do traçado das ruas de Baltimore – e de outras provas, como a de São Paulo – contou que conversou com “pilotos para saber suas opiniões sobre a chicane da reta dos boxes”, e que, assim, chegou à conclusão de que o melhor a se fazer era removê-la do percurso. “Sem a chicane, o show será maior, com uma reta mais longa até a primeira curva, que também será alargada, para que seja criado um ponto de ultrapassagem melhor”, explicou o projetista, que ressaltou que trecho dará uma boa visão para os espectadores nas arquibancadas.

“Depois, olhamos para as curvas 5 e 6, que constuíram uma combinação difícil no ano passado, e remodelamos essas curvas, o que deve permitir ultrapassagens. Também há mudanças que serão feitas ao formato dos muros naquele ponto.”, disse Cotman, que voltou a mencionar o público: “Ali, há alguns terraços e os fãs verão os carros passando bem debaixo de seus narizes”.

As obras acontecerão durante a noite, para minimizar os efeitos que exercerão sobre o tráfego e as atividades do centro de Baltimore. “A maioria das construções acontecerá nos últimos 22 dias e, na última semana antes da corrida, faremos os últimos bloqueios viários ao redor do circuito”, adicionou Cotman.

O cronograma também leva em consideração os 24 jogos que o Baltimore Orioles, time de beisebol da cidade, realizará nesse período – o estádio da equipe fica localizado dentro do percurso de 3,2 quilômetros que será percorrido pelos pilotos da Indy.

A Indy promoverá alterações em três pontos do circuito de Baltimore (Foto: IndyCar.com)

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube