Indy descarta substituta para Toronto e fecha calendário de 2021 com 16 etapas

A Indy bem que sondou possibilidades, especialmente de dobras Gateway e Mid-Ohio, mas optou por manter o calendário com 16 corridas, sem nenhuma nova etapa na vaga do cancelado GP de Toronto

A Indy desistiu de procurar uma substituta para o GP de Toronto e vai mesmo com apenas 16 etapas no calendário de 2021. Nesta segunda-feira (21), a categoria enviou um comunicado reiterando a duração do campeonato, com uma prova a menos que a programação original.

A etapa de Toronto caiu pelo segundo ano seguido e pelo mesmo motivo: a pandemia de Covid-19. O Canadá vem adotando fortes medidas restritivas no esporte e não vai receber nem Indy, nem F1 e nem IMSA, nos mais diferentes locais.

Dias atrás, a categoria ainda negociava com Mid-Ohio e Gateway, procurando opções para dobrar uma das etapas restantes e restaurar as 17 provas do calendário. No entanto, a temporada 2020 gerou danos nos cofres da Indy que não seriam interessantes de serem repetidos em 2021.

Indy não visita Toronto desde 2019 (Foto: IndyCar)

“A Indy está ansiosa por um restante de calendário forte e competitivo em 2021. O calendário está pronto com pistas icônicas nos mistos e nas ruas, além de um oval, a marca registrada da categoria. A Indy 500, combinada com outras ótimas etapas, criou estrelas e uma ótima mistura. O calendário de 16 corridas de 2021 garante fortes emoções”, comunicou a Indy.

A próxima etapa da categoria acontece em 4 de julho, no misto de Mid-Ohio. Depois, mais de um mês sem ação até a etapa em Nashville. Das sete corridas restantes, são quatro em mistos, duas nas ruas e o oval de Gateway.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
Meyer Shank divulga pintura azul para carro de Castroneves no GP de Nashville

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar