Indy desmente rumores de venda para Liberty Media: “Não houve discussão”

Nas mãos de Roger Penske desde 2019, Indy rejeitou os rumores de que estaria sendo vendida para o grupo Liberty Media, que gerencia a Fórmula 1 desde 2016

A Indy rechaçou os rumores de uma possível venda ao grupo Liberty Media, que atualmente comanda a Fórmula 1. A informação do interesse dos britânicos no principal campeonato americano de esporte a motor veio do jornalista Peter Windsor, que divulgou a informação no YouTube.

Durante o GP de Long Beach, realizado no último dia 16, o presidente da Penske Corporation, Bud Denker, rejeitou completamente a ideia da Penske Entertainement Corp passar a gestão da IndyCar Series e do Indianápolis Motor Speedway para outras mãos.

Relacionadas


“Não há verdade em nada disso. Não houve discussão, e francamente, não venderíamos. Ser os guardiões da Indy 500 e da Indy é algo que anda de mãos dadas. Compramos o campeonato e compramos o Speedway em 2020, e enquanto tivermos os dois, eles permanecerão juntos”, comentou ao site da revista americana Racer.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Indy e Liberty Media? Não vai acontecer (Foto: Indycar)

Desde o fim de 2019, a marca ‘IndyCar Series’ e o Indianápolis Motor Speedway são de propriedades do Penske Entertainment Corp., gerenciado por Roger Penske, que por um valor de US$ 300 milhões (R$ 1,02 bilhão na cotação da época), tirou o campeonato e a pista do grupo Hulman & Company.

A Liberty Media também negou os rumores de negociação para adquirir a Indy. O grupo, que gerencia a Fórmula 1 desde 2016, já tem uma participação na categoria como acionista da equipe Meyer ShanK Racing, que tem o piloto brasileiro Helio Castroneves como um dos pilotos. Em 2019, a Liberty chegou a procurar a Hulman & Company antes da Penske, mas os valores assustaram.

Tanto Indy quanto Fórmula 1 retornam no próximo dia 30. Enquanto a categoria americana visita o circuito de Barber, localizado no Alabama, o Mundial viaja até o Azerbaijão para uma corrida no circuito urbano de Baku.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Indy direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.