Indy

Indy intensifica conversas, marca nova reunião e mira voltar para Surfers Paradise na temporada 2020

A Indy segue em busca de voltar para as ruas de Surfers Paradise. Mark Miles e Stephen Starks estão viajando para a Austrália e a ideia é que a categoria retorne à Oceania em 2020
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 A Indy pode voltar em breve para Surfers Paradise (Foto: IndyCar)

As conversas entre Indy e Surfers Paradise voltaram a ganhar força nos últimos dias. Agora, o presidente da categoria Mark Miles admitiu o desejo de voltar à pista australiana em 2020 e revelou que está viajando ainda nesta semana para Gold Coast para negociar.
 
No último mês, a Indy já havia retomado o contato com as autoridades locais com Will Power visitando a área acompanhado da governadora de Queensland Annastacia Palaszczuk.
 
Agora, após dois anos sem falar muito no retorno à Austrália, Miles contou ao site norte-americano 'Motorsport.com' que está viajando ainda esta semana para negociar e que a meta é que tudo esteja pronto para 2020.
A Indy quer voltar para Surfers Paradise (Foto: IndyCar)
"Chegaremos lá na quinta, teremos alguns encontros com TVs em Sydney, aí na sexta estaremos na área da pista para reuniões com o governo local e voltamos no sábado para os EUA. Estamos mantendo contato nos últimos anos e o Power esteve lá de folga recentemente. Lá, ele encontrou a governadora e perguntou o que precisávamos para a Indy voltar para lá. Ela queria uma reunião conosco, recebi o e-mail e já providenciamos a viagem na sequência. Vamos fazer acontecer", disse.
 
"Pensávamos em fazer a corrida em fevereiro, mas isso ainda terá de ser discutido com eles. A ideia é que a gente feche o acordo em breve, talvez não nessa viagem, mas logo. Lá é um destino grande de férias, então precisamos ver quando é a melhor data", completou.
 
A Indy não realiza uma corrida em Surfers Paradise desde a temporada 2008. Na ocasião, o vencedor foi justamente o dono da casa Ryan Briscoe, na época correndo pela Penske.