Newgarden mostra falta de interesse de correr na F1 e completa: “Indy é minha vida”

Josef Newgarden ainda assiste e gosta da Fórmula 1, mas diminuiu bastante o desejo que tem em guiar na categoria

F1 COM MAIS TEMPO DE TREINO LIVRE EM 2022: QUE BURRICE!

Josef Newgarden é bicampeão da Indy, mas o nome do estadunidense vez ou outra aparece às voltas com a possibilidade de uma mudança para a Fórmula 1. Mas Newgarden não tem tanto interesse assim. Se por um lado não descarta a ideia de guiar na F1 um dia, Newgarden deixa claro que o formato atual da categoria diminui o interesse.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

De acordo com Newgarden, a Indy é mais agradável do ponto de vista dos pilotos muito mais possível conquistar resultados em qualquer situação para quem não tem o melhor carro do grid.

“Para mim, a aura da F1 é a gravidade dos carros. Quando penso na F1, penso num campeonato de fábricas tentando construir os carros mais rápidos quanto for possível dentro de um orçamento razoável. É isso que anima”, avaliou à revista Autoweek.

“Quanto mais velho eu fico, mais tempo eu estou no esporte e mais tempo assisto a F1. Não sei se é um lugar em que eu quero correr. Não me parece muito um campeonato de pilotos”, opinou.

“É um campeonato muito impressionante, sempre foi. É algo que eu gostaria de fazer, gostaria de guiar tudo que for possível para ter a experiência. Então, teria mais conhecimento para falar sobre o assunto”, seguiu.

Josef Newgarden vai em busca do tri da Indy (Foto: IndyCar)

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram
Castroneves destaca preparação da Meyer Shank: “Agora somos uma equipe”

Newgarden fez um caminho europeu e ficou no continente por três anos antes de se estabelecer na Indy.

“Creio que a Indy é onde você realmente tem o produto mais competitivo do ponto de vista dos pilotos. Quando você é um piloto de alto nível, tem a oportunidade de competir, vencer o campeonato e grandes corridas independente da sua situação. Infelizmente, a F1 não é assim. Deste ponto de vista, não é tão apelativo, mas eu nunca digo nunca para nada. Não dá para saber quando as coisas vão mudar”, falou.

“A Indy é minha vida. É um campeonato com o qual eu me importo mais que qualquer outro no mundo. Quero ver florescer, porque realmente merece muito reconhecimento pelo campeonato incrível que é”, finalizou.

A busca de Newgarden pelo tricampeonato com a Penske começa no fim do mês que vem, em São Petersburgo.

ATÉ AONDE VAI A TRETA MERCEDES x RED BULL NA F1 2022?
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar