Kanaan comanda dobradinha da Ganassi no primeiro treino livre no Texas. Melhor Penske, Montoya é apenas 8º

Tony Kanaan brilhou em um dia positivo para a Ganassi. A escuderia, que anda meio apagada em 2016, conseguiu uma dobradinha no primeiro treino livre no Texas, com Scott Dixon em segundo. Helio Castroneves surgiu em 14º, consequência de um dia apagado da Penske

O começo de temporada da Ganassi não foi particularmente brilhante, mas as coisas podem mudar no Texas. Pelo menos é isso que o primeiro treino livre, realizado nesta sexta-feira (10), aponta: a equipe conseguiu uma dobradinha. Tony Kanaan surgiu em primeiro, 0s015 mais veloz do que o companheiro Scott Dixon.
 
Josef Newgarden, com boas atuações em ovais, foi o terceiro mais veloz. Em quarto, outra Ganassi: Charlie Kimball. Estes, todavia, já não aparentavam estar no mesmo ritmo dos dois primeiros colocados.
Tony Kanaan (Foto: IndyCar)
Enquanto uns brilham, outros se apagam: a Penske passou por uma atividade de resultados medianos. Juan Pablo Montoya, dono do melhor tempo da escuderia, foi apenas o oitavo no TL1. Will Power foi nono, enquanto Simon Pagenaud e Helio Castroneves sequer apareciam no top-10.
 
A etapa da Indy no Texas está marcada para o sábado (11).
 
Saiba como foi o TL1 da Indy no Texas
 
A bandeira verde foi agitada no Texas Motor Speedway às 13h (de Brasília), dando início ao fim de semana da Indy. A expectativa para mais uma corrida em oval sempre é grande, mas Gabby Chaves logo fez questão de interromper as atividades.
 
Com 8 minutos de treino livre, o colombiano perdeu a traseira do carro e rodou. Sem qualquer escapatória, Chaves bateu com força contra o muro externo. A bandeira vermelha foi necessária. O piloto parecia zonzo, levando algum tempo para sair do carro, mas escapou ileso.
 
A bandeira verde foi acionada novamente pouco depois. Mas, assim como antes, por pouco tempo: alguns minutos depois, Graham Rahal apareceu estacionado na beira da pista, vítima de problemas mecânicos. No motor, para ser mais preciso. Fim de atividade para o #15.
Scott Dixon, o segundo mais veloz (Foto: IndyCar)
Faltando 30 minutos para o fim da sessão, Josef Newgarden aparecia em primeiro. A volta em 24.223 era bastante competitiva, mas dificilmente se sustentaria na ponta da tabela por muito tempo. A maioria dos pilotos ainda não havia saído dos boxes com o melhor acerto possível.
 
Dito e feito. Cinco minutos depois Newgarden foi superado – e por um inesperado Tony Kanaan. A Ganassi, aliás, parecia estar em boa forma: Scott Dixon surgiu em segundo, 0s015 mais lento do que o brasileiro. Charlie Kimball, outro companheiro de equipe, era o quarto.
 
As Penskes, tão soberanas ao longo da temporada, estavam mais apagadas até aqui.  Juan Pablo Montoya era o décimo mais veloz com o melhor tempo da escuderia até aqui. Simon Pagenaud, Will Power e Helio Castroneves sequer apareciam no top-15.
 
Com 15 minutos restando, a terceira paralisação do dia. Desta vez por causa de detritos, localizados na reta oposta. Rapidamente os fiscais limparam a região, permitindo mais alguns minutos de pista para os pilotos.
As voltas passavam e os pilotos tentavam acumular quilometragem. Mas era difícil: dos boxes, aqueles que já haviam dado o TL1 por encerrado lamentavam as constantes quebras nos trechos de volta rápida.
 
Assim, não é surpresa que, mesmo que vários estivessem na pista, fosse difícil melhorar o tempo de volta. Salvo Montoya, que partiu do décimo para o oitavo lugar, ninguém encontrava mais velocidade.

Indy, Texas, TL1:

1 10 TONY KANAAN BRA GANASSI CHEVROLET 24.166   28
2 9 SCOTT DIXON NZL GANASSI CHEVROLET 24.181 +0.015 33
3 21 JOSEF NEWGARDEN EUA CARPENTER CHEVROLET 24.223 +0.057 49
4 42 CHARLIE KIMBALL EUA GANASSI CHEVROLET 24.255 +0.089 34
5 27 MARCO ANDRETTI EUA ANDRETTI HONDA 24.261 +0.095 47
6 98 ALEXANDER ROSSI EUA ANDRETTI HONDA 24.263 +0.097 30
7 26 CARLOS MUÑOZ COL ANDRETTI HONDA 24.294 +0.128 45
8 2 JUAN PABLO MONTOYA COL PENSKE CHEVROLET 24.345 +0.179 29
9 12 WILL POWER AUS PENSKE CHEVROLET 24.366 +0.200 40
10 28 RYAN HUNTER-REAY EUA ANDRETTI HONDA 24.390 +0.224 17
11 14 TAKUMA SATO JAP FOYT HONDA 24.416 +0.250 39
12 22 SIMON PAGENAUD FRA PENSKE CHEVROLET 24.425 +0.259 43
13 15 GRAHAM RAHAL EUA RLL HONDA 24.444 +0.278 12
14 3 HELIO CASTRONEVES BRA PENSKE CHEVROLET 24.485 +0.319 38
15 7 MIKHAIL ALESHIN RUS SCHMIDT PETERSON HONDA 24.597 +0.431 32
16 11 SÉBASTIEN BOURDAIS FRA KV CHEVROLET 24.631 +0.465 50
17 41 JACK HAWKSWORTH ING FOYT HONDA 24.650 +0.484 43
18 20 ED CARPENTER EUA CARPENTER CHEVROLET 24.683 +0.517 27
19 5 JAMES HINCHCLIFFE CAN SCHMIDT PETERSON HONDA 24.812 +0.646 30
20 18 CONOR DALY EUA DALE COYNE HONDA 24.814 +0.648 31
21 8 MAX CHILTON ING GANASSI CHEVROLET 24.853 +0.687 53
22 19 GABBY CHAVES COL DALE COYNE HONDA 26.917 +2.751 4
 
PADDOCK GP #32 DEBATE MotoGP, F1, INDY E STOCK CAR

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube