Kanaan lembra morte de Moore e revela que Forsythe pensou em fechar equipe

Companheiro de Greg Moore na equipe Forsythe, Tony Kanaan falou à REVISTA WARM UP sobre o impacto que a morte do talentoso piloto canadense teve à época

A edição 38 da REVISTA WARM UP com a matéria sobre Greg Moore
Siga a REVISTA WARM UP

A morte de Greg Moore, no fim de 1999, chocou o mundo da Indy. Em Fontana, o promissor canadense sofreu um fortíssimo acidente fatal aos 24 anos, na última corrida antes de se mudar para a Penske. E seu companheiro na equipe Forsythe era o brasileiro Tony Kanaan.


Em entrevista à REVISTA WARM UP, o vencedor das 500 Milhas de Indianápolis relembrou o ambiente da Forsythe e o trauma do dono, Gerry, após o episódio. Ele chegou a cogitar fechar o time.
14 anos após morte, Greg Moore ainda é fonte de inspiração para a jovem geração canadense de pilotos (Foto: Getty Images)
“Foi um clima muito ruim, foi que nem quando aconteceu com o Dan [Wheldon]. É uma sensação indescritível. Isso fez com que o Gerry Forsythe quase fechasse o time por causa disso, então realmente foram tempos muito difíceis”, conta o brasileiro.
 
Hoje, 14 anos após a morte de Moore, seu espírito continua vivo entre os fãs e a nova geração de pilotos canadenses. James Hinchcliffe é o maior exemplo disso: ele venceu duas vezes na temporada 2013 da categoria e, em ambas as ocasiões, mencionou o ídolo.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube