Kanaan reconhece começo ruim nos treinos livres em Sonoma, mas garante: “Pareceu pior do que realmente foi”

Tony Kanaan não teve um início dos sonhos no fim de semana de decisão da Indy em Sonoma, mas assegurou que o carro não esteve tão ruim quanto os tempos dos primeiros treinos livres indicaram

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Tony Kanaan não teve um primeiro dia dos mais gloriosos em Sonoma. Nesta sexta-feira (16), o baiano fechou o segundo treino livre em 14º, ainda sem acertar uma grande volta.

 
Kanaan reconheceu o início ruim, mas deixou claro que os tempos foram piores que o rendimento do carro.
 
"O carro não estava marcando os tempos que queríamos hoje, mas acho que pareceu que foi pior do que realmente foi. Não tivemos uma chance de andar com o segundo set de pneus como os demais, então não encontramos nossa velocidade real", disse.
Tony Kanaan na sexta-feira em Sonoma (Foto: IndyCar)
O piloto da Ganassi explicou que o maior problema é aderência, mas destacou que ainda há tempo para melhorar.
 
"Ainda estamos atrás de aderência, mas ainda temos um dia inteiro de treinos para verificar os dados e resolver isso", completou.
 
PADDOCK GP #46 TRAZ BOB KELLER E DEBATE VITÓRIAS DE FRAGA E PEDROSA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube