Kanaan usa discurso "pés no chão", mas se vê em condições de vencer corridas com "nova KV" em 2013

"Nova KV" deixou os pilotos Tony Kanaan e Simona de Silvestro bastante empolgados com os feitos que podem alcançar na temporada 2013 da Indy

 As informações do GP de São Petersburgo em tempo real
 As imagens do GP de São Petersburgo da Indy

 
A KV terminou o GP de São Petersburgo, o primeiro da temporada 2013 da Indy, com seus dois carros no top-10. O veterano Tony Kanaan foi o quarto colocado e a jovem Simona de Silvestro, que passou boa parte da prova na terceira posição, cruzou a linha de chegada em sexto lugar. Após passar o fim de semana andando sempre nas primeiras posições, a dupla está bastante empolgada para a sequência do campeonato. 

Ainda cautelosos, nem Tony e nem Simona querem pensar na briga pelo título. Porém, os dois se mostraram bastante confiantes de que podem aparecer com certa frequência no pódio e, inclusive, vencer corridas. Ao Grande Prêmio, no último domingo (24), Kanaan disse que a KV de 2013 é uma "nova KV". "Tem de falar, não dá para falar que não é. A gente andou entre os dez primeiros no fim de semana inteiro. Quarto e sexto lugares para uma equipe que mal chegava entre os dez é muito bom. Com certeza, é bem diferente", declarou o brasileiro.

Só que Kanaan não quer colocar a carruagem à frente dos cavalos. “Estou com o pé no chão. A gente está melhor, mas tem que estar melhor mais constantemente. Só vou saber mais para a frente, mas é um ótimo começo”, avaliou. “[Para] Falar em campeonato, ainda é muito cedo, mas eu acho que dá para a gente brigar por vitórias neste ano. E o que eu quero, já falei, é Indianápolis”, encerrou o campeão de 2004.

Kanaan e Simona se mostraram confiantes com desempenho da KV (Foto: IndyCar)

Vitórias também não são vistas de maneira distante por sua companheira de equipe. Diante de sua performance no fim de semana que abriu a temporada, Simona ficou bem animada para a sequência do ano. “Ainda há algumas coisas que podemos fazer melhor. Alguns pódios e vitórias estão em mente. Mostramos hoje que podemos andar lá na frente, então é uma coisa ótima”, celebrou a suíça em entrevista ao GP.

O GP de São Petersburgo foi o primeiro de Simona com a KV e só não terminou com o melhor resultado da pilota em sua carreira na Indy porque os pneus acabaram nas voltas finais e ela acabou perdendo três lugares. “Esses caras estão acostumados a andar na frente e, para nós, isso foi novo, então há muitas coisas que posso aprender e meu time pode aprender para melhorar, mas nós podemos ficar realmente felizes com o começo”, afirmou a pilota.

A próxima etapa da Indy acontece daqui a duas semanas, em Barber, no Alabama.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube