Indy

Kanaan valoriza 9º lugar após Indy 500 de altos e baixos e afirma: “Foi dia de mostrar que nunca podemos desistir”

Tony Kanaan teve sua grande performance e seu melhor resultado em 2019 nas 500 Milhas de Indianápolis. O nono lugar após ficar uma volta atrás do líder, para o veterano, foi recompensa por não ter desistido

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
O nono lugar na Indy 500 não foi o melhor que Tony Kanaan já teve, mas deixou um gostinho especial pela luta do brasileiro. Com um carro que não era tão bom quanto a Foyt imaginava e problemas de estratégia causados por bandeiras amarelas fora de hora, Tony chegou a virar retardatário, mas seguiu acreditando e, no fim, voltou para o giro do líder e beliscou um top-10, seu primeiro na Indy em 2019.
 
O veterano valorizou a luta na corrida, mesmo com as adversidades que surgiram, com a Foyt acreditando e Tony seguindo firme para voltar à disputa.
 
"Foi um típico dia de provar que você não pode desistir. Nós nunca desistimos. Tivemos um problema, ficamos sem combustível durante a bandeira amarela e, quando fomos aos boxes, eles estavam fechados. É o tipo de coisa que acontece, certo? Não dá para adivinhar todas as amarelas", disse.
Tony Kanaan (Foto: IndyCar)
Kanaan destacou a importância que foi conquistar um bom resultado para a Foyt em Indianápolis. Além disso, valorizou também os pontos após chegar a cair para a 24ª colocação já na fase derradeira da prova.
 
"Depois, tivemos sorte. Recuperamos nossa volta e aí eu fiz minha mágica no fim, aproveitei muito. Temos marcas e funcionários aqui, hoje tínhamos mais de 2 mil apoiadores. Mesmo no dia que parecia o pior de todos, não poderia desistir. Mesmo em 24º, com volta de atraso, ainda tinha de correr. Ainda precisava provar que nós estávamos aqui tentando o tempo todo. O top-10 foi a recompensa. Era o resultado que queríamos? Não exatamente, mas, depois do dia duro que tivemos, fico com ele", completou.
 
Kanaan subiu para o 17º lugar no campeonato com o resultado, somando 110 pontos até aqui. O brasileiro vem dois tentos acima de Matheus Leist, que beliscou um top-15.
 


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.