Kanaan vê humildade de Alonso na Indy e rebate Hamilton: “Competiu em um Mundial de dois carros em 2016 e foi vice”

Fernando Alonso não apenas brilhou em sua jornada em Indianápolis, mas também fez muitos amigos. Um deles foi o brasileiro Tony Kanaan, que exaltou a postura do espanhol ao ter encarado tudo com muita humildade. Quanto a Lewis Hamilton, que desdenhou da Indy, Kanaan não hesitou em responder

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : ‘pt’
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : ‘inread’
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Fernando Alonso foi, sem dúvida, a grande estrela de todo o mês de maio em Indianápolis, mas nem por isso se portou com estrelismo diante dos seus novos pares na Indy. Muito pelo contrário. Mesmo sendo, de longe, o mais requisitado para entrevistas, o bicampeão mundial de F1 buscou o protagonismo no lendário ‘Brickyard’, mas fora da pista foi ‘gente como a gente’ e lidou bem com todos os outros pilotos do grid. E fez muitos amigos. Um deles foi o brasileiro Tony Kanaan, que destacou a humildade do espanhol. Por outro lado, Tony disparou contra Lewis Hamilton, que debochou da Indy e da própria participação de Alonso em Indianápolis.

 
Falando ao jornal francês ‘L’Equipe’, Hamilton contou que deu uma olhada na classificação das 500 Milhas de Indianápolis e classificou como “interessante” o fato de Alonso ter se classificado à frente de pilotos que disputam a Indy o ano todo. 
 
“Dei uma olhada nas classificações e, sinceramente… Fernando, para sua primeira classificação, faz o quinto tempo. Isso diz algo sobre a Indy?”, disse Hamilton de forma irônica. “Os grandes pilotos, se não conseguem vencer na F1, buscam triunfos em outras corridas. Mas vê-lo fazer um quinto tempo diante de pilotos que fazem isso o ano todo é… interessante”, seguiu o piloto, que acrescentou.
Fernando Alonso e o novo amigo, Tony Kanaan, que rebateu o deboche de Lewis Hamilton (Foto: Instagram)
“Eu não quero fazer o mesmo”, garantiu. “A Indy não me chama a atenção, tampouco Le Mans, mas eu respeito”, concluiu.
 
No jantar de gala que marcou a premiação das 500 Milhas de Indianápolis, Kanaan não perdeu a chance de alfinetar Hamilton. Antes, porém, exaltou o novo amigo Alonso por tudo o que fez neste período.
 
“Foi realmente um prazer. Acho que você trouxe muito à Indy, de forma humilde”, discursou Tony, quinto colocado na prova no último domingo. 
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Não foi como outros companheiros seus na F1 que fizeram alguns comentários neste mês, mas… o que dizer, o cara competiu em um Mundial de dois carros no ano passado e terminou em segundo, de modo que não acho que possa dizer muito sobre ele”, disparou o brasileiro, que fez menção à disputa entre Hamilton e Nico Rosberg em uma temporada polarizada pela Mercedes em 2016, com o alemão se sagrando campeão mundial. “Estou orgulhoso de que esteja aqui, Fernando”, complementou.

No fim de semana seguinte, Hamilton não passou do 13º no grid do GP de Mônaco. Na corrida, terminou na sétima posição.

 
O discurso de Kanaan surpreendeu e fez Alonso sorrir. O espanhol deixou Indianápolis não apenas com muito mais prestígio, o título de Estreante do Ano e R$ 1 milhão. Mas também com mais amigos e uma imagem muito melhor que a de alguns dos seus pares na F1.
ALONSO ATINGE NOVO PATAMAR NA HISTÓRIA DO AUTOMOBILISMO NA ESPETACULAR INDY 500

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = ‘ca-pub-6830925722933424’;
google_ad_slot = ‘8352893793’;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(‘crt_ftr’).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(‘cto_ifr’);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(‘px’)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write('’);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube