Indy

Longe da Indy desde 2015, Saavedra assina com Juncos e guia carro #17 nas 500 Milhas de Indianápolis

Sebastián Saavedra vai voltar ao grid da Indy. O colombiano assinou com a Juncos e vai guiar o carro #17 da equipe novata nas 500 Milhas de Indianápolis, formando dupla com Spencer Pigot
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Sebastián Saavedra vai guiar o carro #17 da Juncos (Foto: Reprodução)
 

 

Sebastián Saavedra está de volta para mais uma edição das 500 Milhas de Indianápolis. Nesta quarta-feira (10), o colombiano foi confirmado no comando do carro #17 da estreante Juncos, formando dupla com o americano Spencer Pigot.
 
O anúncio de Saavedra praticamente definiu o grid da 101ª edição da prova mais tradicional do calendário. Com o colombiano, 32 pilotos já estão garantidos, com a confirmação de Buddy Lazier e sua equipe própria devendo acontecer nos próximos dias.
 
"Nós estamos trabalhando nesse acordo já faz um bom tempo, é muito especial ter essa oportunidade. É um ótimo sentimento para todos os envolvidos. Depois de mais de um ano fora, é ótimo voltar às pistas, estava ansioso. Sei que estou no lugar certo, a Juncos tem muita gente capacitada", disse o piloto.
Sebastián Saavedra vai guiar o carro #17 da Juncos (Foto: Reprodução)
Ricardo Juncos, dono do time, destacou a rodagem do piloto colombiano, por mais que Saavedra não dispute uma prova da categoria desde Sonoma 2015, quando chegou em 13º com a Ganassi.
 
"Sebastián é um cara muito experiente em ovais e na Indy 500, vai casar muito bem com nosso time, principalmente considerando que estamos fazendo a nossa estreia", comentou.
 
Saavedra, de 26 anos, parte para sua sexta participação na prova, já que não conseguiu se classificar em 2011. O melhor resultado do colombiano foi o 15º lugar com a KV em 2014. Na Indy, sua melhor colocação foi o oitavo lugar em Baltimore na temporada 2013 e a pole no misto de Indianápolis em 2014, quando ficou parado no grid e foi acertado por Mikhail Aleshin logo na largada.
 
RUMOR SOBRE PRÉ-ACORDO COM MERCEDES PODE ESTRAGAR RELAÇÃO ENTRE VETTEL E FERRARI