Indy

Montoya volta à Indy, assina com Penske e vira companheiro de Castroneves em 2014

Juan Pablo Montoya vai voltar à Indy em 2014. O colombiano assinou contrato com a Penske e terá Helio Castroneves e Will Power como companheiros de equipe
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Montoya dominou a temporada de 1999 da Indy e ampiiou a sequência da Ganassi (Foto: Getty Images)

icon_foto As imagens da carreira de Juan Pablo Montoya

Juan Pablo Montoya está de volta à Indy. Depois de ser dispensado da Ganassi na Nascar, o colombiano assinou contrato com a Penske para 2014 e assumirá o terceiro carro da tradicional equipe, tendo como companheiros de equipe o brasileiro Helio Castroneves e o australiano Will Power.
Montoya ganhou na Indy com a Ganassi, mas agora retorna pela Penske (Foto: Getty Images)

Montoya, que se sagrou campeão da Indy em 1999 - Cart na época - e que defendeu também a Williams e a McLaren na F1 entre 2001 e 2006, passou os últimos seis anos e meio na principal categoria de carros de turismo dos EUA. O piloto de 37 anos agora vai guiar o carro de número 2 de Roger Penske.

"Estou realmente animado com a chance de integrar um time lendário quanto a Penske", disse Juan Pablo. "Eu tive a oportunidade de pilotar para muitas equipes tradicionais ao redor do mundo e sempre tive enorme admiração por Roger Penske e sua empresa", completou. "Eu considero uma honra ter sido convidado para pilotar para a Penske", acrescentou o competidor.

Penske saudou a chegada de Montoya lembrando as vitórias do piloto, que é um dos poucos a ter conquistado triunfos históricos como as 24 Horas de Daytona, as 500 Milhas de Indianápolis e o GP de Mônaco de F1.

"Juan é um dos maiores vencedores no automobilismo. Ele já ganhou diversas corridas e campeonatos e tem uma grande legião de fãs extremamente apaixonados. Estamos ansiosos para construir uma carreira de sucesso juntos e acreditamos que ele será um grande companheiro para a Penske", afirmou o dono da equipe.

Na Nascar desde meados de 2006 – quando deixou a F1, Montoya iniciou sua segunda passagem pela organização de Chip Ganassi. Desde então, o piloto conquistou apenas duas vitórias – ambas em circuitos mistos.  Na primeira passagem do sul-americano pelo time, Montoya disputou as temporadas 1999 e 2000 da Cart, tendo conquistado 11 vitórias – incluindo as 500 Milhas de Indianápolis de 2000 – e um título.