Indy

Na Garagem: Voz da Indy no Brasil, Luciano do Valle sofre infarto e morre durante voo

Narrador esportivo que deu vida à categoria americana faleceu há cinco anos enquanto se preparava para narração de um jogo do Campeonato Brasileiro

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Foi em um voo para Uberlândia que uma das maiores vozes da narração esportiva de todos os tempos se calou. A morte de Luciano do Valle completa nesta sexta-feira (19) cinco anos e deixou repentinamente uma lacuna nas transmissões.
  
Luciano ia para a cidade mineira para comandar a transmissão da TV Bandeirantes do jogo Atlético-MG × Corinthians, válido pelo Campeonato Brasileiro. O jornalista chegou a ser socorrido ainda na aeronave e foi levado de ambulância para o hospital.
Luciano do Valle (Foto: Divulgação)
Luciano foi o maior propagador dos esportes além do futebol no Brasil. Ainda nos anos 80, turbinou o boxe e fez de Adilson Maguila Rodrigues um fenômeno no país, a ponto de pô-lo para lutar contra Evander Holyfield e George Foreman. Foi o pioneiro na exibição dos esportes americanos, trazendo a Indy, a NBA e a NFL, além dos campeonatos europeus de futebol, como o Italiano e o Espanhol. E, sobretudo, transformou o vôlei brasileiro — muitas das vezes era chamado de 'Luciano do Vôlei'. Todas estas atrações eram exibidas no 'Show do Esporte', um programa que atravessava o domingo.

Na Indy, Luciano trouxe ao Brasil as narrações das vitórias dos brasileiros nas 500 Milhas de Indianápolis — Emerson Fittipaldi em 1989, Helio Castroneves em 2001, 2002 e 2009, e Tony Kanaan no ano passado. Do Valle completou no ano passado 50 anos de carreira como jornalista. 

Como narrador de F1, na época na TV Globo, Luciano foi o responsável por trazer o primeiro título de Nelson Piquet em 1981.
Luciano do Valle nas 500 Milhas de Indianápolis (Foto: Reprodução)
Os principais pilotos brasileiros à época na Indy fizeram homenagens ao locutor — como gostava de ser chamado — que narrou as principais vitórias deles na categoria, sobretudo as edições das 500 Milhas de Indianápolis.


Aqui, Flavio Gomes conta como Luciano do Valle, sem estar presente, salvou sua vida — seu bolso — em um jantar com Galvão Bueno durante uma cobertura da Fórmula 1