Indy

Na hora final de treinos, Pippa bate carro da Dale Coyne na entrada do muro que divide os boxes em Indianápolis‏

Pippa Mann sofreu um acidente já no final do teste desta quarta-feira da Indy para as 500 Milhas de Indianápolis. A inglesa perdeu o controle atrás de Marco Andretti e bateu o carro no muro da entrada dos boxes
Warm Up / GABRIEL CURTY, de São Paulo
 Pippa Mann em Indianápolis (Foto: IndyCar)

A quarta-feira (13) de testes para as 500 Milhas de Indianápolis não foi nada fácil. Após a decolagem impressionante de Helio Castroneves no início do treinamento, Pippa Mann bateu no muro de entrada dos boxes já na hora final das atividades.
 
Após algumas repetições, viu-se que o acidente de Mann acabou sendo causado por Marco Andretti, que estava logo na sua frente e tirou o pé violentamente na entrada da curva 4, fazendo com que a inglesa tivesse de reduzir e perdesse o controle de seu monoposto.
 
Assim como no caso de Castroneves, Pippa também foi levada ao centro médico e, após checagens, foi liberada.
Pippa sofreu um forte acidente (Foto: Reprodução/Twitter)
Logo após o acidente, Pippa falou apenas que gostaria de "ir para algum lugar e chorar". É fim de treino para a pilota, já que a equipe sequer tem carro reserva pronto.

Em sua conta no Twitter, a inglesa garantiu que está bem, mas que teve algumas contusões. Mesmo assim, lamentou mais pela equipe que terá bastante trabalho.
Pippa estará no comando de um dos carros da Dale Coyne nas 500 Milhas de Indianápolis. Apenas um companheiro foi confirmado para a prova, o colombiano Carlos Huertas.
Assim ficou o carro da inglesa (Foto: Reprodução/Twitter)