Otimista com futuro, Dixon aponta terceira montadora na Indy como chave para acelerar crescimento

Scott Dixon está feliz com o crescimento, tanto em grid quanto em interesse, da Indy. Mesmo assim, o neozelandês tem um pedido: que a categoria aproveite o bom momento para encontrar uma terceira montadora, além de Chevrolet e Honda

Os dias de otimismo da Indy, com grid crescente e maior interesse vindo da Europa, já fazem Scott Dixon arquitetar o próximo passo na sequência de crescimento. O piloto da Ganassi acredita que, para tirar o proveito máximo da boa fase atual, a categoria precisa acelerar a busca por uma terceira montadora, acompanhando Chevrolet e Honda.
 
“Para mim, [a Indy] foi algo positivo na maior parte da minha carreira, pelo menos do ponto de vista competitivo e considerando como as corridas são boas. Só levou algum tempo até as pessoas perceberem isso”, ponderou Dixon, entrevistado pelo ‘Motorsport.com’. “Agora que temos um acordo com a NTT [patrocinador-máster] e a NBC [emissora de TV nos EUA], acho que vamos crescer em muitas plataformas. Agora precisamos muito de uma terceira montadora, porque isso certamente ajudaria no crescimento”, continuou.
Scott Dixon dá dicas para a Indy seguir crescendo (Foto: IndyCar)

A tal terceira montadora seria importante não só por fortalecer a Indy, mas também por facilitar a expansão do grid. 2019 já tem o número mínimo de 23 carros – total de inscritos para a temporada inteira – por corrida, sem levar em conta inscrições apenas para parte do calendário. Com uma nova marca disposta a fornecer material, a chegada de novos interessados seria facilitada.
 
“Eu ainda penso que a Indy tem a chance de voltar aos seus melhores dias, onde merece estar, porque as corridas são muito boas”, comentou Dixon. “Eu amo fazer o que faço e me sinto muito privilegiado por correr por uma das melhores equipes que temos. E eu ainda consigo vencer de vez em quanto, então é divertido. Mas, sim, uma terceira montadora é a próxima coisa que precisamos. Tanto pelo crescimento quanto pelo número de carros”, encerrou.
 
A temporada 2019 da Indy começa em 10 de março, data do GP de São Petersburgo.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube