O’Ward lamenta tática errada em perda de vitória em Barber: “Éramos os mais rápidos”

Pato O'Ward lamentou a estratégia errada adotada pela McLaren na estreia da Indy 2021, em prova no Alabama que acabou vencida por Álex Palou

Embora tenha conseguido a pole no GP do Alabama, abertura da temporada 2021 da Indy, Pato O’Ward não conseguiu sair com a vitória. Isso porque Álex Palou, piloto da Ganassi, adotou uma estratégia com uma parada a menos que o mexicano e que Alexander Rossi, que lideravam a corrida. Assim, aliando também um bom ritmo, o catalão triunfou.

Palou assumiu a primeira posição na primeira janela de paradas dos rivais e por lá ficou basicamente até o fim da corrida, acabando com um jejum de quase 16 anos sem vitória de pilotos espanhóis na categoria. Felicidade para o espanhol, dor de cabeça para O’Ward, que lamentou a chance perdida por um erro tático da McLaren.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Éramos os mais rápidos durante todo o fim de semana. Fomos o carro mais rápido da pista durante a corrida. Mas, infelizmente, estávamos apenas na estratégia errada. Fizemos três paradas para acompanhar o Rossi e, infelizmente, a posição na pista era tudo. Quando alcancei os carros da frente no final, não havia muitas voltas pela frente”, disse O’Ward.

Antes liderando a corrida, Pato O’Ward finalizou na quarta posição em Barber (Foto: Indy)

Devido a tática da McLaren, o piloto do carro #5 ficou com a quarta posição. Zak Brown, CEO da equipe, já fez até uma aposta com o mexicano, que pode vir a ser uma motivação a mais. Caso o mexicano consiga seu tão aguardado primeiro triunfo na categoria americana, o americano prometeu um grande presente :a chance de pilotar um carro de Fórmula 1 em um teste coletivo em Abu Dhabi.

GUIA INDY 2021
+ Grid cheio, Penske e Ganassi em expansão: as equipes e pilotos da Indy
+ Enzo Fittipaldi troca Europa por Estados Unidos e mira título na Pro 2000
+ Porto mira estabilidade e luta “de igual para igual” por título da USF2000

+ Grosjean é cereja no bolo do intercâmbio recente de Fórmula 1 com Indy
+ Novatos ‘fakes’, Johnson e McLaughlin encaram realidades distintas
+ “Mais completo do que nunca”, Castroneves mira pódios com Meyer Shank

Por isso, O’Ward enxerga bons caminhos para, enfim, brilhar na categoria. Para o piloto, a chave para alcançar o lugar mais alto do pódio está na consistência que ele sabe que pode proporcionar ao campeonato – em que, até o momento, figura na quarta posição, com 34 pontos.

“Ficamos presos lá nas últimas voltas e conquistamos o quarto lugar. São bons pontos para o campeonato, mas temos que manter a consistência. Nossa primeira vitória terá que esperar, espero eu, que só até São Petersburgo. Estaremos prontos para lutar lá”, finalizou.

Em busca do primeiro triunfo, O’Ward volta às pistas no domingo (25), com o GP de São Petersburgo.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube