Paddock GP: Vitória da Honda na Indy pode servir de alento na F1. Mesmo com motores completamente diferentes

No último domingo (12), Sébastien Bourdais saiu da última colocação em São Petersburgo para garantir a vitória na primeira etapa da temporada 2017 da Indy. Empurrado por um motor Honda, os jornalistas participantes do Paddock GP afirmaram que a conquista pode servir de alento para a McLaren na F1

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
A primeira etapa da temporada 2017 da Indy aconteceu no último final de semana. No domingo (12), Sébastien Bourdais largou da última posição para conquistar a vitória em São Petersburgo.

Empurrado por um motor Honda, os jornalistas discutiram durante o PADDOCK GP #69, programa de debates do GRANDE PRÊMIO apresentado na terça-feira (14), que o fato então pode servir de alento para a McLaren a F1.

ASSISTA ABAIXO.

O PADDOCK GP é transmitido AO VIVO pelo canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube. Sempre às terças-feiras, o programa começa às 20h. 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube