Pagenaud revela economia de combustível e celebra vitória: “Não foi fácil”

Simon Pagenaud venceu pela terceira vez na temporada da Indy, mas com grande drama no final por conta da pressão de Scott Dixon. Francês comentou sobre a economia de combustível e papel dos retardatários

Simon Pagenaud voltou a vencer na Indy com o triunfo na etapa de Toronto, mas o francês da Penske viveu um drama nas voltas finais com a constante pressão do neozelandês Scott Dixon, que ficou com o segundo lugar.

 
Pagenaud tinha uma distância confortável, mas precisou economizar combustível e viu Dixon se aproximar bastante. O francês comentou sobre o tráfego de retardatários na pista e celebrou a terceira vitória da temporada, que o manteve no top-3 do campeonato.
 
“Não foi fácil. Com o tráfego, era muito difícil passar. O Hunter-Reay dificultou muito, eles brigavam para ficar na mesma volta. Eu segurei e tentei aumentar a distância para o Dixon antes da curva 3 e tentando salvar combustível. Não era o cenário ideal, mas a Chevrolet nos deu uma grande atualização nesta semana. O carro foi rápido o dia inteiro, não tivemos muitos problemas. Execução perfeita do time”, disse em entrevista à NBCSN.
Simon Pagenaud (Foto: Indy)
Vencedor da Indy 500, Pagenaud sofreu com as críticas por conta de vários desempenhos abaixo da média após o triunfo no Brickyard, mas ele revelou que manteve a confiança no fim de semana inteiro, e agora só resta comemorar a vitória.
 
“Eu estava na esperança o fim de semana inteiro, não tinha dúvidas, estava focado em nós. Não quis olhar no que está atrás. Só focar no que o carro realmente é, e esses dias são os melhores. Os dias felizes no automobilismo que compensam”, completou.
Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube