Parada desde fim da temporada passada, equipe Moore anuncia fim das atividades na Indy Lights

A equipe Moore não vai participar das corridas finais da temporada 2015 da Lights. Mais do que isto, o time anunciou que fechou as portas após oito temporadas completas

A equipe Moore, figurinha carimbada na Indy Lights, fechou as portas.  O anúncio oficial saiu nesta sexta-feira (10), com o time afirmando que sequer participará das quatro provas que estavam previstas para este ano com Picho Toledano. Foram oito anos completos de Lights para a Moore.
 
No comunicado, a equipe afirmou que fez de tudo para conseguir patrocinadores para se manter na categoria, mas que não teve sucesso na busca. Chamando a decisão de “difícil e dolorosa”, a Moore agradeceu a todos seus profissionais e os pilotos que por lá passaram.
 
“Após oito temporadas completas, a Moore fechou as portas. Sem conseguir um bom acordo para ter um piloto para a disputa de todo o campeonato de 2015, o time teve de tomar esta dolorosa decisão. Tentamos acordos ainda para tentar correr algumas etapas em 2015, mas seria impossível fazer isto sem patrocínio ”, disse a nota.
 
“Nada do que alcançamos seria possível sem nossos funcionários. Todos foram importantes. Fizemos também muitos amigos na categoria e garantimos que vamos sentir muita falta. Todo sucesso do mundo para a Lights e para a Indy”, completou.
Zack Meyer esteve na última temporada da Moore na Indy Lights (Foto: Indy Lights)
A Moore encerra sua trajetória na Lights com seis vitórias e seis poles. O primeiro triunfo veio em 2008, quando o chileno Pablo Donoso cruzou a linha final na frente após 30 voltas.
 
O piloto mais vitorioso da história da equipe foi James Hinchcliffe. Em 2010, o canadense venceu três vezes – Long Beach, Chicago e Edmonton – e cravou quatro poles: St. Pete, Long Beach, Watkins Glen e Edmonton.
 
Em 2014, três pilotos passaram pela Moore: Zack Meyer fez 12 provas, Vittorio Ghirelli esteve em quatro delas e Jimmy Simpson correu duas vezes. 
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube