4º, O’Ward lamenta falta de velocidade que impediu briga por vitória na Indy 500

Pato O'Ward explicou que não tinha potência suficiente no motor para desafiar Helio Castroneves e Álex Palou nas voltas finais da Indy 500. Piloto ainda terminou atrás de Simon Pagenaud

Castroneves passou Palou para vencer a Indy 500 (Vídeo: NBC)

Pato O’Ward foi o quarto colocado da Indy 500, disputada no último domingo (30), e com bastante suor. O mexicano da McLaren largou da 12ª posição e chegou a liderar 17 voltas da corrida, mas admite que não tinha potência suficiente para disputar a vitória contra o brasileiro Helio Castroneves, o vencedor, e o espanhol Álex Palou.

O’Ward era impulsionado pelo motor Chevrolet, que mostrou performance piorada em comparação com o Honda. Para o mexicano, a potência não era suficiente para brigar pela vitória, mesmo que tenha tentado de tudo nas voltas finais.

“Simplesmente não tínhamos velocidade. Eu estava acelerando muito no fim, tentando ficar perto de Helio e Álex, mas eles eram muito mais rápidos. Os carros Honda estavam muito fortes, assim como no ano passado, e temos trabalho a fazer, precisamos melhorar”, comentou Pato após a corrida.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
WEB STORIES: Como foi a quarta vitória de Helio Castroneves na Indy 500?

Pato O’Ward, quarto colocado na Indy 500 (Foto: IndyCar)

“Justo quando liberaram a potência máxima a nós, eu sabia que eles tinham também, e não tive o suficiente. Simon ainda nos passou na última volta. Estava fazendo de tudo para conseguir um pouco de velocidade extra para passar um ou outro”, seguiu.

Na última volta, O’Ward ainda acabou superado por Simon Pagenaud, da Penske, que fechou a prova como o melhor carro de motor Chevrolet. Patricio valorizou a performance da McLaren apesar de não terminar no Victory Lane.

“É isso. A única coisa que importa na Indy 500 é vencer, então estou um pouco triste, mas devemos ficar orgulhosos do que alcançamos. Fizemos uma grande corrida, lutamos até o fim e na frente, apenas não tínhamos o suficiente para alcançá-los”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar