Perto de estreia na Indy, McLaughlin revela saldo da preparação: 12 kg perdidos

Scott McLaughlin segue se preparando para a estreia oficial na Indy e fez uma considerável transformação para o GP de Indianápolis, perdendo nada menos que 12 kg por conta própria

A Indy segue mexendo bastante em seu calendário e, assim como praticamente qualquer campeonato de qualquer lugar do mundo, continua com o futuro bastante indefinido por causa do coronavírus. Mesmo assim, os pilotos seguem focados, com Scott McLaughlin, por exemplo, trabalhando duro no físico em busca de uma boa estreia.
 
Destaque do V8 Supercars, o neozelandês foi excelente na pré-temporada e, assim, ganhou da Penske a chance de disputar o GP de Indianápolis. Por enquanto, a prova está marcada para 4 de julho, mas deve sofrer novas alterações caso os americanos sigam sofrendo com a pandemia.
 
Só que a boa performance no teste em Sebring não fez McLaughlin relaxar, pelo contrário. Sentindo que precisava entrar em forma, o neozelandês entrou na linha para ficar de bem com a balança por conta própria.
Scott McLaughlin sentiu que era hora de perder peso (Foto: Penske)
"Admito que perdi 12 kg do começo do ano até agora. Precisava perder peso para estar na Indy, ninguém me pediu, mas eu senti que ajudava. Eu vi o Shane van Gisbergen indo para Le Mans e precisando de algo parecido, sabia que teria de fazer algo nesse estilo. São carros que pedem pilotos mais leves, não combinava com o que eu era antes", falou ao podcast 'Ball & Bumpers'.
 
Scott contou que fez o teste bastante fora de forma, o que pode ser um bom sinal, afinal, lá mesmo já tinha tido excelente performance.
 
"Fui testar em Sebring logo após ter casado, ter tido o Natal, ter ido para a Disney e ainda comido uma coxa de peru no dia anterior. Estava bem pesado. Fui bem, mas notei que precisava perder peso para facilitar as coisas no carro. Sou mais relaxado quanto a isso na V8 Supercars, mas sabia que conseguiria. É diferente a Indy, preciso disso para ser competitivo", completou.
 
Os EUA lideram, de longe, o ranking dos casos de coronavírus no mundo. São 290.606 confirmados, quase o triplo da Espanha e da Itália, que aparecem na sequência.


 
Paddockast #55
Um bate-papo com… RUBENS BARRICHELLO

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 

☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações se estiver doente.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

assine agora