Prévia: Penske tenta impor domínio de 2015 a oval onde venceu apenas uma vez

Melhor equipe da temporada 2015 da Indy, a Penske busca ampliar a vantagem na classificação em pista que triunfou apenas uma vez, com Will Power em 2013. Ainda sem vitórias em 2015, Helio Castroneves e Tony Kanaan tentam sair do zero em palco de três vitórias brasileiras na história

A fase final da temporada 2015 da Indy começa neste final de semana no oval de Fontana. Uma das três provas que compõem a Tríplice Coroa da categoria, as 500 Milhas de Fontana prometem grandes emoções e possibilidade de surpresas.
 
Melhor time do campeonato e com três dos quatro primeiros colocados na classificação, a Penske tem pela frente um dos maiores desafios até aqui. Com somente uma vitória em Fontana – com Willl Power em 2013 –, o time de Roger Penske não passou de um quarto lugar no ano passado com Juan Pablo Montoya na prova que fechou o calendário de 2014. 
 
Principal adversária da Penske, a Ganassi também não tem um grande retrospecto na pista californiana. São apenas duas vitórias: a primeira em 1998, com Jimmy Vasser, e a segunda no ano passado, com o brasileiro Tony Kanaan.
A festa de Kanaan e da Ganassi nas 500 Milhas de Fontana de 2014 (Foto: Getty Images)
Dentro deste panorama, é mais do que justo que as demais equipes – especialmente as com kits da Chevrolet – sonhem com ótimos resultados. Desta turma, destaque para Ed Carpenter, especialista em ovais e vencedor das 500 Milhas de Fontana em 2012. 
Contando as provas realizadas nos tempos de CART e IRL, 13 foram as corridas em Fontana. Vasser e Sam Hornish Jr. são os maiores ganhadores: duas vezes cada, sendo que Hornish foi o único a vencer por duas vezes consecutivas.
 
Também é uma pista de boas recordações para os brasileiros. Em 2000, Christian Fittipaldi venceu com a Newman-Haas. Pelo mesmo time, Cristiano da Matta ganhou em 2001. No ano passado, foi a vez de Kanaan com a Ganassi.

Inclusive é esta vitória de Kanaan na corrida de encerramento da temporada 2014 que impulsiona a Ganassi para buscar a recuperação no campeonato. Com Scott Dixon firme na luta pelo caneco, o time de Chip Ganassi fez 1-2 no Texas e teve Charlie Kimball fazendo excelente prova na Indy 500.
 
Aquela foi a primeira vitória do baiano com as cores da Ganassi e veio após Kanaan passar uma série de corridas batendo na trave.
Will Power recebe o troféu de campeão da Indy após ser nono em Fontana (Foto: Getty Images)
Dixon foi um dos grandes nomes da corrida e completou a dobradinha da Ganassi. Quem fechou o pódio foi Carpenter, mostrando que conhece bem a pista.
 
Para não sermos injustos, nem para todos os pilotos da Penske a pista em Fontana traz más recordações. Além de lá ter vencido em 2013, o nono lugar de 2014 garantiu a Power seu primeiro título na Indy.
 
Com a Chevrolet despontando sempre na frente da Honda e com Penske e Ganassi – ainda que bem menos do que normalmente – favoritas, as 500 Milhas de Fontana prometem começar a definir o título de 2015.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube