Previsão de chuva em Indianápolis obriga Indy a adiar Programa de Orientação aos Novatos

A atividade é obrigatória para todos os pilotos que planejam disputar as 500 Milhas de Indianápolis pela primeira vez na carreira. Neste ano, há quatro inscritos: Conor Daly, A.J. Allmendinger, Carlos Muñoz e Tristan Vautier

O mau tempo na região de Indianápolis obrigou a Indy a adiar o Programa de Orientação aos Novatos, que estava marcado para esta quinta-feira (11). A atividade é obrigatória para todos os pilotos que planejam disputar as 500 Milhas de Indianápolis pela primeira vez na carreira e não tem nova data para acontecer.

O presidente de operações da Indy, Brian Barnhart, disse que como há previsão de chuva para a região do tradicional oval, então não será possível realizar o programa, uma vez que os estreantes precisam de longas horas de pista livre.

A.J Allmendinger é um dos quatro pilotos escalados para o progama (Foto: Shawn Gritzmacher/IndyCar)

“Nós estivemos monitorando a previsão do tempo em Indianápolis para nos certificarmos de que as condições estariam favoráveis às nossas amplas atividades de pista. Com a grande chance de chuva e as baixas temperaturas ambientes, nós achamos melhor adiar o Programa de Orientação aos Novatos para uma próxima data”, declarou.

No programa, os pilotos precisam completar três fases para serem aprovados a tomar parte das 500 Milhas de Indianápolis. Na primeira, precisam completar dez voltas com velocidade constante entre 200 e 205 mph. Na segunda, são 15 voltas entre 205 e 209 mph, enquanto na última são 15 voltas acima de 210 mph.

Quatro pilotos estão escalados para tomar parte da atividade: Tristan Vaultier (Sam Schmidt), A.J. Allmendinger (Penske), Conor Daly (Foyt) e Carlos Muñoz (Andretti).

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube