carregando
Indy

Primeiro a abandonar em 2018, Davison é confirmado nas 500 Milhas de Indianápolis pela Dale Coyne

As 500 Milhas de Indianápolis ganharam nesta sexta-feira (8) mais um membro em sua disputa: o australiano James Davison acertou com a Dale Coyne e vai para sua quinta participação na prova

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
As 500 Milhas de Indianápolis ganharam mais um nome na luta pelas 33 vagas no grid de 2019 nesta sexta-feira (8): James Davison vai para sua quinta participação na prova mais tradicional da Indy.

O australiano é o 33° nome confirmado para a próxima edição da corrida, marcada para o dia 26 de maio. Davison correrá pela Dale Coyne, como já fez em 2016 e 2017. Ele também correu pela equipe duas provas em 2013. Em suas participações na Indy 500 de 2014 e 2018, correu pela KV Racing e pela Foyt, respectivamente.

Em 2018, Davison foi o primeiro a abandonar a corrida, após batida com Takuma Sato na volta 45. Seu melhor resultado foi o 16° lugar em 2014. Ele também tem um 20° e um 27° em seu histórico.
James Davison (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
O australiano de 32 anos ocupará o terceiro carro da Dale Coyne, que já conta com Sébastien Bourdais e Santino Ferrucci, titulares para a temporada completa da Indy.

Ele estará na briga graças à parceria da Dale Coyne com a Jonathan Byrd’s, Hollinger MotorSports e Belardi: "Estou encantado em voltar à Dale Coyne nessa parceria. É uma equipe especial de várias maneiras paa mim e tenho ótimas memórias aqui", disse Davison.