Recém-casado, Kanaan brinca e compara relação com Simona a namoro: “Estamos nos conhecendo”

Novos companheiros de equipe na KV, Tony Kanaan e Simona de Silvestro ainda estão aprendendo a trabalhar em conjunto neste início da temporada 2013. Ter um companheiro é algo inédito na carreira de Simona na Indy

Tony Kanaan ganhou uma nova companheira neste início de 2013. Ou melhor, duas. Fora das pistas, sua nova esposa, a norte-americana Lauren, com quem se casou no começo do mês; dentro das pistas, a suíça Simona de Silvestro, com quem divide os boxes da KV a partir ano. E, apesar de estar recém-casado, Tony comparou a relação com Simona a um começo de ‘namoro’. “Ainda estamos nos conhecendo”, exclamou. Depois, brincou: “Ainda bem que a entrevista é em português”.

Kanaan e Simona ainda estão se entrosando para trabalhar melhor em conjunto. Os dois admitiram que a comunicação está longe de ser ideal, embora esteja evoluindo. No caso da jovem pilota, de 24 anos, a situação parece ser mais complicada – é a primeira vez que ela divide uma equipe com alguém na Indy.

Kanaan e Simona conversam durante testes de pré-temporada (Foto: IndyCar)

“Por nunca ter tido um companheiro de equipe, às vezes ela hesita um pouco em vir conversar comigo”, revelou Kanaan em entrevista ao Grande Prêmio em São Petersburgo, onde a temporada da Indy começa neste domingo (24). “Ainda estamos tentando aprender como nos comunicar. Eu nunca tive um companheiro de equipe. Não vou dizer que está perfeito, mas está chegando lá”, concordou De Silvestro, em entrevista coletiva.

Mas, apesar das dificuldades de comunicação, a suíça está gostando bastante da experiência de formar dupla com alguém. “É muito bom ter essa troca de informações, eu posso perguntá-lo algumas coisas, ele pode me perguntar algumas coisas, está progredindo, mas ainda não está perfeito”, acrescentou.

As informações em tempo real direto de São Petersburgo
As imagens do sábado em São Petersburgo
A volta virtual em São Petersburgo
Especial Indy

O brasileiro, piloto em atividade com o maior número de largadas na Indy, elogiou bastante Simona: “Ela é muito rápida. É super jovem e tem pouca experiência, mas tem um talento enorme. Isso é bom para mim, a gente está se ajudando, o nível da equipe está um pouco mais alto e ela está me dando trabalho”.

Essa não é a primeira mulher com quem Kanaan trabalha. Por quatro temporadas, nos tempos de Andretti, ele conviveu com Danica Patrick, que já tinha um nome mais conhecido e um currículo maior. Entretanto, o piloto disse que ainda não conhece Simona o suficiente para traçar uma comparação mais profunda entre as duas. “Mais para a frente, quem sabe eu consigo fazer uma comparação melhor, mas eu te garanto que uma não tem nada a ver com a outra”, enfatizou.

Nos treinos livres desta sexta-feira, tanto Kanaan, quanto Simona conquistaram bons resultados. Na segunda sessão, na qual os melhores tempos foram anotados, ela ficou em terceiro lugar, e ele, em sétimo.

O Grande Prêmio acompanha ‘in loco’ a abertura da temporada 2013 da Indy, em São Petersburgo, com o repórter Renan do Couto

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube