Indy

Rosenqvist estreia com pé direito e puxa top-6 todo da Honda no TL1 em São Petersburgo. Ericsson é 3º

Os novatos suecos tiveram grande performance na primeira atividade oficial do ano na Indy. Felix Rosenqvist foi o mais veloz, enquanto Marcus Ericsson ficou em terceiro. Entre os dois, Ryan Hunter-Reay, mais um dos seis primeiros colocados que a Honda garantiu no TL1 de São Petersburgo. Tony Kanaan ficou em 19º e Matheus Leist foi 20º
Grande Prêmio / GABRIEL CURTY, de São Paulo
O primeiro treino livre da temporada 2019 da Indy teve surpresas. Nesta sexta-feira (8), em São Petersburgo, dois novatos suecos brilharam. Felix Rosenqvist garantiu a primeira colocação para a Ganassi, enquanto Marcus Ericsson colocou a Schmidt Peterson em terceiro. A Honda, aliás, teve o top-6 todo para ela.

Rosenqvist cravou 1min01s822 e, curiosamente, foi também o piloto que puxou as ações no início da atividade. A sequência de carros da montadora japonesa teve o experiente Ryan Hunter-Reay com a Andretti, 0s242 atrás de Felix, e o também estreante Ericsson, de Schmidt Peterson.

Os grandes protagonistas de 2018 também tiveram um bom início e estiveram lutando pelo mesmo espaço. Scott Dixon ficou em quarto, apenas 0s016 melhor que Alexander Rossi. Takuma Sato foi quem completou o pelotão de domínio da Honda.


O melhor representante da Chevrolet foi Josef Newgarden, que fechou 0s353 atrás do ponteiro com sua Penske. A equipe ainda teve Will Power em décimo e Simon Pagenaud no 12º posto. 

Graham Rahal foi oitavo, com Zach Veach na nona colocação. Não foi um começo fácil para a DragonSpeed, que ficou 3s1 atrás do ponteiro com Ben Hanley e, para piorar, ainda parou na pista no fim causando bandeira vermelha. A Foyt foi um pouco melhor, mas também pouco inspirada, com Tony Kanaan em 19º e Matheus Leist em 20º.
Felix Rosenqvist puxou o TL1 (Foto: IndyCar)
Confira como foi o TL1 da Indy em St. Pete

O primeiro treino livre da temporada 2019 da Indy começou pontualmente 12h45 (em Brasília). Spencer Pigot foi o primeiro a ir para a pista, seguido por Santino Ferrucci e Felix Rosenqvist, quem iniciou a competitividade da sessão, virando em 1min07s.
 
O sueco da Ganassi baixou para 1min04s e foi seguido de perto por Colton Herta, com a Harding. Na sequência, Rosenqvist cravou 1min02s419, abrindo uma diferença considerável para o resto. Herta vinha 0s4 atrás, enquanto Marcus Ericsson e Ferrucci surgiam 0s9 atrasados.
Marcus Ericsson teve ótimo começo (Foto: Chris Owens/Indy)
❀ Tatiana Calderón – pilota de testes da Alfa Romeo e primeira mulher a correr na F2
❀ Bruna Tomaselli - do kart em Santa Catarina à seleção na W Series e no Road to Indy
 Laia Sanz – multicampeã de Trial e enduro e ‘rainha’ do Rali Dakar
❀ Jutta Kleinschmidt - primeira mulher a vencer uma especial e a conquistar o Rali Dakar
 
O TL1 se aproximava da metade e era hora da Penske aparecer. Will Power virou 1min02s276 e junto trazia Alexander Rossi e Josef Newgarden, além de Rosenqvist, que seguia com o tempo dos minutos iniciais.
 
O treino seguia bem aberto e a Honda reassumia o controle das ações perto do terço final de atividade. Duas Andretti vinham para a briga, sendo Rossi o então líder com 1min02s147. Takuma Sato, Scott Dixon e Zach Veach também superava Power e Newgarden.
 
Recuperando o pique do começo da sessão, a Ganassi saltava para a ponta com os dois pilotos. Rosenqvist reassumia a ponta com 1min01s822, com Dixon em terceiro e Ericsson, da Schmidt Peterson, entre eles.

Aquela marca de Rosenqvist foi suficiente para controlar até o final as ações, mas ainda dava tempo da Honda crescer ainda mais, tomando de assalto o top-6 com Ganassi, Andretti, Schmidt Peterson e RLL. Aí, quando a sessão estava para acabar, Ben Hanley parou na curva 4 e causou a primeira bandeira vermelha do ano e da trajetória da DragonSpeed na Indy.

Indy, GP de São Petersburgo, TL1:

1 F ROSENQVIST Ganassi Honda 1:01.822   25
2 R HUNTER-REAY Andretti Honda 1:02.064 +0.242 13
3 M ERICSSON SPM Honda 1:02.081 +0.259 23
4 S DIXON Ganassi Honda 1:02.131 +0.309 15
5 A ROSSI Andretti Honda 1:02.147 +0.325 15
6 T SATO RLL Honda 1:02.157 +0.335 17
7 J NEWGARDEN Penske Chevrolet 1:02.174 +0.352 15
8 G RAHAL RLL Honda 1:02.185 +0.363 14
9 Z VEACH Andretti Honda 1:02.193 +0.371 12
10 W POWER Penske Chevrolet 1:02.276 +0.454 17
11 S BOURDAIS Dale Coyne Honda 1:02.288 +0.466 13
12 S PAGENAUD Penske Chevrolet 1:02.309 +0.487 15
13 J HINCHCLIFFE SPM Honda 1:02.314 +0.492 15
14 S PIGOT Carpenter Chevrolet 1:02.370 +0.548 16
15 C KIMBALL Carlin Chevrolet 1:02.461 +0.639 17
16 J HARVEY Meyer Shank Honda 1:02.505 +0.683 14
17 C HERTA Harding Honda 1:02.509 +0.687 21
18 M ANDRETTI Andretti Honda 1:02.557 +0.735 13
19 T KANAAN Foyt Chevrolet 1:02.614 +0.792 14
20 M LEIST Foyt Chevrolet 1:02.663 +0.841 16
21 S FERRUCCI Dale Coyne Honda 1:02.738 +0.916 20
22 E JONES Carpenter Chevrolet 1:02.749 +0.927 14
23 M CHILTON Carlin Chevrolet 1:02.907 +1.085 17
24 B HANLEY DragonSpeed Chevrolet 1:04.934 +3.112 14