Rossi celebra pódio para dar moral, mas admite: “Começamos a temporada mais tarde”

Alexander Rossi valorizou o fato de finalmente ter terminado uma corrida na volta do líder em 2020. O americano sabe que a desvantagem já é grande e, por isso, mantém pés no chão para o restante do ano

Alexander Rossi vinha na última colocação da temporada 2020 da Indy, mas conseguiu respirar na corrida 2 de Elkhart Lake. Com boa atuação, o americano fechou em terceiro, mas valorizou, mais até do que o resultado, simplesmente o fato de ter conseguido completar uma prova na mesma volta do líder.

O piloto da Andretti lembrou dos terríveis resultados que teve no Texas, no GP de Indianápolis e na corrida 1 em Road America e destacou que ao menos fica mais confiante com um pódio.

“Depois das últimas corridas, foi ótimo ter terminado na volta do líder. Nunca esteve em dúvida nosso comprometimento, nossa determinação e acho que isso ficou provado na corrida 2. Vamos manter os pés no chão e seguir trabalhando, foi um bom pódio para dar moral, pelo menos”, disse.

Alexander Rossi foi ao pódio (Foto: IndyCar)

Para Rossi, o início 100% da Ganassi é bom sinal para a Andretti, parceira de Honda. Agora, é hora de trabalhar para ir tirando a desvantagem para os rivais na tabela de pontos nas dez corridas que restam. 107 pontos separam Scott Dixon de Alex.

“Nossa temporada começou mais tarde que a dos outros, mas vamos tentar levar esse bom desempenho para Iowa, esperamos manter a forma. Agradeço ao pessoal pelo trabalho no carro, também destacar a Honda, que venceu todas em 2020, é incrível. As coisas começaram a entrar nos eixos, é seguir fazendo acontecer”, completou.

Rossi deixou a lanterna da temporada para o companheiro Marco Andretti e, agora, aparece em 18º com 66 pontos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube