Rossi diz que Indy 500 foi como montanha-russa, perde fala e crava: “Essa vitória vai mudar a minha vida”

Novato na Indy, Alexander Rossi foi às lágrimas pela conquista inédita das 500 Milhas de Indianápolis neste domingo (29). Depois de vencer a mais importante corrida da Indy, o piloto admitiu que perdeu a fala e que o sabor do leite no Victory Lane é algo que vai levar para a vida toda

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Alexander Rossi entrou em uma lista seleta neste domingo (29): a dos estreantes vencedores das 500 Milhas de Indianápolis. Depois de perder a chance na F1, o norte-americano se voltou para a Indy e encontrou na equipe Andretti Herta uma maneira de se reinventar. E o jovem não poderia ter dado uma volta por cima mais emblemática do que o triunfo na mais importante prova da temporada da Indy – e uma corrida história ainda.

 
Por isso, ao final de tudo, Rossi admitiu que “a ficha vai demorar a cair” e que ainda é inacreditável a forma como a esquadra – diga-se aí o estrategista Bryan Herta – fez uma leitura rápida da prova na parte final e mudou a tática para vencer. Sem parar nos momentos derradeiros, Alexander surgiu em vantagem para cruzar antes de todos.
 
Ao falar do feito que acabara de conquistar, Alexander foi direto: “Não tenho ideia de como conseguimos isso.” 
Alexander Rossi visivelmente emocionado (Foto: Reprodução)
“Nós lutamos um pouco com os pit-stops, mas Bryan veio com uma estratégia inacreditável. Eu ainda não consigo acreditar que realmente fizemos isso. O carro estava rápido no começo, mas sofremos um pouco. No fim, sinceramente não sabia se conseguiríamos terminar Ryan (Hunter-Reay) foi fantástico ao me ajudar a terminar no final. Ele me orientou e conquistamos um resultado incrível para a equipe”, disse o piloto de 25 anos aos jornalistas durante coletiva também acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO no IMS.
 
“Eu apenas sou grato por ter conquistado uma corrida assim e na sua 100ª edição. Foi uma montanha-russa de fato. Uma hora estava em último e, no fim, já estávamos brigando para vencer. É fenomenal. Nós ganhamos a Indy 500”, ressaltou uma vez mais, para agradecer de novo à equipe pelo extraordinário feito.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Compreensivelmente Rossi perdeu as palavras e foi às lágrimas. “Fiquei sem saber o que falar. Tenho certeza de que isso aqui vai mudar a minha vida. Eu nem sei por onde começar. Em fevereiro deste ano, eu nem estava pensando na Indy e agora eu venci as 500 Milhas… É demais”, falou o californiano, que viu a oportunidade se esvair na F1 no fim do ano passado, ainda que acumule o cargo de piloto reserva da Manor.

 
“É como disse, só tenho a agradecer a todos por essa oportunidade. Eu era relativamente desconhecido nas competições de fórmula nos EUA e, mesmo assim, eles me deram essa chance. Então, obrigada Michael (Andretti) e Bryan por esse mês incrível aqui”, encerrou.
 
Por fim, Alexander não deixou passar a experiência única de beber o leite para celebrar a igualmente inédita conquista. “Foi a coisa mais delícia que provei na vida. Nada se compara a esse momento. Nunca vou esquecer o sabor do leite.”
 
“Nunca.”
PADDOCK GP #30 DEBATE INDY, F-E E MOTOGP

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube