Indy

Rossi põe 0s5 sobre Newgarden e fecha na frente sexta-feira em Detroit. Pagenaud encerra maio perfeito no muro

Alexander Rossi deu uma gigantesca demonstração de força e liderou com muita folga o segundo treino livre do GP de Detroit. O americano colocou mais de 0s5 em Josef Newgarden, vice-líder

Grande Prêmio / GABRIEL CURTY, de São Paulo
Alexander Rossi teve uma performance espetacular no segundo treino livre do GP de Detroit. Nesta sexta-feira (31), o americano sobrou e colocou mais de 0s5 em cima do resto do pelotão, liderando a sessão com 1min15s137. 

Apesar do controle completo das ações por parte de Rossi, a sessão não deu a entender que Honda e Andretti estejam muito na frente. Josef Newgarden colocou Penske e Chevrolet em segundo, ainda que 0s527 atrás do compatriota e rival na luta pelo caneco.

Em uma sessão em que os principais nomes da categoria apareceram mostrando força, Scott Dixon, Will Power e Graham Rahal completaram um top-5 com três Honda e duas Chevrolet.

Ryan Hunter-Reay colocou a segunda Andretti na sexta colocação, com Spencer Pigot, James Hinchcliffe, Simon Pagenaud e Ed Jones também no grupo dos dez mais rápidos. Aliás, Pagenaud encerrou mal a sessão, indo para o muro e dando um fim nada ideal ao seu maio perfeito de vitórias em Indianápolis. A Foyt teve mais um treino livre de puro sofrimento e ficou em 20º com Matheus Leist e 21º com Tony Kanaan.
Alexander Rossi puxou a fila no TL2 (Foto: IndyCar)
Saiba como foi o TL2 do GP de Detroit

O segundo treino livre da Indy em Detroit começou às 15h50 (em Brasília), com uma movimentaçãod inicial de pista um pouco maior que no TL1. Quem começou na frente foi Ed Jones, já com 1min18s8, mas uma marca que seria facilmente superada pouco depois.
 
Primeiro veio Marco Andretti, seguido por um Simon Pagenaud que, em dois giros, cravou 1min17s2 e 1min16s7, mostrando que a ação na atividade seria bem pegada na tabela de tempos.
 
Will Power e Spencer Pigot encostavam nos ponteiros, mas era Zach Veach quem, mais uma vez, saltava para a dianteira, desta vez com um ótimo giro em 1min16s536.
Josef Newgarden fechou em segundo (Foto: IndyCar)
Os tempos, em 15 minutos, já estavam bem mais fortes que os do TL1. E seguiam caindo. Pagenaud, outra vez, pulava na frente, virando bem próximo de Veach, aliás. Scott Dixon foi outro a bater o americano, mas nada que fosse comparado ao que faria Alexander Rossi minutos depois.
 
O piloto da Andretti arrebentou a barreira de 1min16s, colocou nada menos que 0s45 em Dixon e disparou na dianteira. Assim, Graham Rahal e Ryan Hunter-Reay, que também foram velozes, não chegaram nem perto do novo líder.

Enquanto Hunter-Reay melhorava um pouco mais sua performance, Dixon mostrava que Rossi não seria absoluto e praticamente empatava a marca do rival. Já entrando nos 20 minutos finais, Rahal, Hunter-Reay, Pagenaud, Pigot, Marcus Ericsson, Power, Newgarden e Hinchcliffe vinham atrás da dupla.
 
O dia estava especialmente estranho pela falta de bandeiras vermelhas, algo que sempre rola na rua, então Felix Rosenqvist deu uma traseirada daquelas e passou rente à barreira de pneus.

Quando a Honda dominava tranquila e Rossi e Dixon pareciam caminhar para o empate técnico, surgiu Newgarden, mostrando força da Penske e da Chevrolet. O americano fez 1min15s6, mas, de novo, ainda não era o tempo que seria o mais veloz.
 
Rossi, em grande forma, atropelou a marca do rival, cravou 1min15s137 e, com uma bandeira vermelha causada por um toque de Pagenaud na curva 12, fechou na frente com 0s5 de vantagem para o resto.

Indy 2019, GP de Detroit, TL2:

1 A ROSSI Andretti Honda 1:15.137   14
2 J NEWGARDEN Penske Chevrolet 1:15.664 +0.527 13
3 S DIXON Ganassi Honda 1:15.782 +0.645 16
4 W POWER Penske Chevrolet 1:15.871 +0.734 17
5 G RAHAL RLL Honda 1:16.076 +0.939 14
6 R HUNTER-REAY Andretti Honda 1:16.196 +1.059 11
7 S PIGOT Carpenter Chevrolet 1:16.215 +1.078 16
8 J HINCHCLIFFE SPM Honda 1:16.255 +1.118 14
9 S PAGENAUD Penske Chevrolet 1:16.292 +1.155 16
10 E JONES Carpenter Chevrolet 1:16.304 +1.167 17
11 M ERICSSON SPM Honda 1:16.376 +1.239 12
12 Z VEACH Andretti Honda 1:16.536 +1.399 15
13 C HERTA Harding Honda 1:16.597 +1.460 11
14 S BOURDAIS Dale Coyne Honda 1:16.743 +1.606 13
15 T SATO RLL Honda 1:16.748 +1.611 13
16 F ROSENQVIST Ganassi Honda 1:16.827 +1.690 24
17 P O'WARD Carlin Chevrolet 1:16.854 +1.717 12
18 S FERRUCCI Dale Coyne Honda 1:17.185 +2.048 16
19 M CHILTON Carlin Chevrolet 1:17.200 +2.063 12
20 M LEIST Foyt Chevrolet 1:17.286 +2.149 14
21 T KANAAN Foyt Chevrolet 1:17.313 +2.176 13
22 M ANDRETTI Andretti Honda 1:17.333 +2.196 13
 


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.