Rossi se envolve em ‘sanduíche’ das Ganassi de Dixon e Kanaan e termina etapa do Texas no muro

Em prova com começo intenso no circuito oval do Texas, Alexander Rossi largou em terceiro lugar e acabou levando a pior em toque com as Ganassi de Scott Dixon e Tony Kanaan

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;


A etapa do Texas da Indy começou de forma intensa neste sábado (10). Alexander Rossi vinha na volta número 36 da prova e após um toque do brasileiro Tony Kanaan, perdeu a traseira do carro e bateu no muro sem maiores problemas. 
 
Os pilotos não tomaram conhecimento no início da prova e desde o princípio foi possível ver uma troca grande de pilotos nas primeiras posições. Com os carros próximos uns dos outros, acidentes inevitávelmente aconteceriam nas primeiras voltas.
Alexander Rossi (Foto: Twitter/Reprodução)
Sendo assim, na 36ª volta Rossi se viu em uma situação complicada. De um lado Scott Dixon e de outro Kanaan. Sem espaço entre os carros, um leve toque do brasileiro foi o suficiente para que Rossi perdesse a traseira de seu carro e fosse parar no muro.
 
O sanduíche entre os carros poderia ter causado um acidente maior ainda, mas somente o americano acabou levando a pior. Com a pancada, a direção de prova agitou a bandeira amarela para que o a pista fosse limpa e a prova continuasse normalmente.
 
A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube