Sato se irrita com manobra no TL3 e troca socos com Bourdais em Toronto

Takuma Sato se irritou ao ser atrapalhado por Sébastien Bourdais em sua última volta cronometrada do treino livre da Indy em Toronto. Japonês andou até os boxes da Dale Coyne e pilotos trocaram socos

Takuma Sato e Sébastien Bourdais trocaram socos após o terceiro treino livre da Indy em Toronto, realizado na manhã deste sábado (13).

 
Bastante irritado por ser ultrapassado na última volta da sessão, Sato foi até os boxes de Bourdais e o agarrou pelo colarinho do macacão. O francês respondeu com um empurrão antes de trocarem socos.Os dois foram separados e saíram sem lesões. 
 
Empresário de Sato, Steve Fusek detalhou os motivos da ira do veterano japonês, que tinha pouco tempo para anotar uma volta rápida no fim do treino após uma bandeira vermelha causada por Graham Rahal. Sato foi apenas o 18º na sessão.

"Se ele ficasse na linha e no próprio espaço, estaria tudo bem. Mas por que ele tentou passar? Isso não faz sentido, não entendo o que ele tentou ali. Foi estúpido. É apenas o Bourdais. Takuma está frustrado pelo resultado, então quis tirar satisfações", comentou Fusek ao jornal norte-americano ‘Indystar’.

 
Sato não é o primeiro piloto a se irritar com Bourdais na temporada. Graham Rahal discutiu com o francês após um acidente na Indy 500, e Spencer Pigot disparou várias ofensas contra o veterano pelo rádio após uma batida em Detroit.
 
O GP de Toronto da Indy acontece no domingo, a partir das 16h (de Brasília).
 
Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar