Indy

Schmidt Peterson anuncia volta de Aleshin à Indy em terceiro carro para disputa da etapa final em Sonoma

A Schmidt Peterson confirmou que vai dar a Mikhail Aleshin um terceiro carro para a disputa da etapa de Sonoma, no fim deste mês, na Califórnia, onde a Indy encerra a temporada 2015
Warm Up / Redação GP, de Curitiba
 Mikhail Aleshin (Foto: IndyCar)
Mikhail Aleshin vai voltar à Indy, neste mês de agosto ainda, para a última etapa da temporada, em Sonoma, na Califórnia. E o retorno do russo vai se dar por meio da Schmidt Peterson. Antes, porém, o piloto de 28 anos vai participar de um teste na próxima semana, no mesmo circuito californiano, junto com Nelson Piquet, que vai conduzir um carro da Penske.

Campeão da World Series em 2010, Aleshin disputou a Indy em 2014, tendo como melhor resultado um pódio em Houston. Porém, a carreira acabou interrompida temporariamente por conta de forte acidente sofrido em Fontana, na rodada final do ano passado.
Mikhail Aleshin (Foto: IndyCar)
Após a batida, Mikhail passou mais de duas semanas internado, após ter tido fraturas no ombro, no pé e contusões na região do peito. Já recuperado neste ano, o jovem competiu na Le Mans Series na Europa com a equipe SMP e ainda disputou as 24 Horas de Le Mans.

"Eu realmente estou muito feliz por voltar à Indy em uma corrida interessante como Sonoma e com essa equipe, que conseguiu um sucesso considerável nesta temporada", disse Aleshin.

"Este ano, estabeleci como prioridade o desempenho na ELMS. Mas, para a próxima temporada, estamos trabalhando muito para continuar correndo na Indy e espero que esta corrida seja um passo significativo nessa direção", completou.

O competidor vai guiar um terceiro carro da SPM ao lado de James Jakes e de Ryan Briscoe, que vem substituindo o lesionado James Hinchcliffe desde as 500 Milhas de Indianápolis, quando o canadense também sofreu um forte acidente.