Indy

Schmidt Peterson decide por nova troca e anuncia Harvey como piloto para etapas de Watkins Glen e Sonoma

Se Sebastián Saavedra é o substituto de Mikhail Aleshin nos ovais, Jack Harvey cumpre o mesmo papel nos mistos. O britânico, com bom retrospecto na Indy Lights, volta à categoria principal com a SPM em Watkins Glen e Sonoma
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 Jack Harvey (Foto: IndyCar)

A Schmidt Peterson vai contar com mais um piloto para as últimas duas corridas de 2017. Depois de romper com Mikhail Aleshin e escolher Sebastián Saavedra apenas para algumas corridas, a escuderia revelou nesta segunda-feira (21) que Jack Harvey vai assumir o carro #7 nas últimas duas etapas da temporada, em Watkins Glen e Sonoma.
 
Formado no automobilismo europeu, Harvey é uma escolha adequada para circuitos mistos. Além disso, o piloto britânico defendeu a SPM por dois anos na Indy Lights.
 
“Estou animado para andar em Watkins Glen, mesmo que eu nunca tenha andado lá”, disse Harvey. “É uma dessas pistas que você coloca em uma lista de lugares que você quer ir, e estava de olho nela antes mesmo de vir para os Estados Unidos”, seguiu.
 
Esta vai ser apenas a segunda aparição de Harvey na principal categorial de monopostos dos Estados Unidos. O piloto estreou no certame nas 500 Milhas de Indianápolis deste ano, em que abandonou e ficou apenas com o 31º lugar.
Jack Harvey volta ao grid da Indy nas duas últimas corridas do ano (Foto: Indycar)

O mistério sobre os planos da SPM para as últimas duas corridas do ano tem a ver com o anúncio de Saavedra. O colombiano foi escolhido apenas para duas corridas em ovais, em Pocono e Gateway. Mesmo fazendo uma boa apresentação no circuito de rua de Toronto, Sebastián não convenceu a chefia a ponto de ser escolhido para andar em mistos.
 
A etapa de Watkins Glen vai ser disputada em 3 de setembro, enquanto a decisão de Sonoma fica para 17 do mesmo mês. Antes, a Indy realiza a última corrida de oval do ano em Gateway, em 26 de agosto.
 
TUKA ROCHA ANALISA NOVO MOMENTO DA STOCK CAR