Dixon lidera Carb Day da Indy 500 e aumenta favoritismo. Penske reage e completa top-3

Scott Dixon confirmou o favoritismo que carrega para a Indy 500 e liderou o Carb Day. Neozelandês anotou tempo rápido logo no início da sessão e encerrou o dia com 45 minutos restantes no cronômetro. Tony Kanaan foi o melhor brasileiro

Álex Palou foi a primeira vítima na classificação em Indianápolis (Vídeo; Reprodução)

No último treino livre antes da Indy 500, Scott Dixon aumentou o favoritismo. O neozelandês da Ganassi, que vai largar da pole-position, anotou o tempo de 39s417 logo no início da sessão e não deixou o topo da tabela do Carb Day. Com ritmo bom, o hexacampeão deu apenas 47 voltas no Speedway nesta sexta-feira (28) e trouxe o carro #9 aos boxes ainda com 45 minutos restantes para o fim da atividade.

Ausente nas três primeiras filas pelo segundo ano consecutivo, a Penske deu reação no Carb Day. Simon Pagenaud ocupou o segundo lugar, seguido por Josef Newgarden. Will Power e Scott McLaughlin também chamaram a atenção em Indianápolis, terminando o dia em 6º e 7º respectivamente.

Conor Daly foi 4º e Marco Andretti ficou no 5º lugar. O brasileiro Tony Kanaan, com a Ganassi, foi 8º colocado, seguido por Takuma Sato, atual vencedor da Indy 500, e Sage Karam, que fechou o top-10.

Helio Castroneves, da Meyer Shank, terminou a sessão em 15º, enquanto Pietro Fittipaldi, da Dale Coyne, foi 33º. Fittipaldi foi o segundo piloto que deu mais voltas no dia, com 88, 5 a menos que Newgarden.

A 105ª edição das 500 Milhas de Indianápolis está marcada para acontecer no próximo domingo (30). A largada é esperada para acontecer às 13h45 (de Brasília). 

Saiba como foi o treino livre 8 da Indy 500:

Scott Dixon é o pole da Indy 500 (Foto: IndyCar)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
WEB STORIES: Relembre os 10 últimos vencedores da Indy 500

Depois do adiamento por causa da chuva, a bandeira verde era esperada para acontecer às 14h30 (de Brasília), porém, a atividade precisou ser adiada novamente, agora por conta de um incidente no pit-lane. A equipe de mecânicos de Alexander Rossi, da Andretti, acabou derrubando combustível, o que necessitou limpeza e rendeu uma punição de 5 minutos sem sair da pista ao piloto.

Com mais voltas de instalação e simulações feitas atrás de vácuo, a Carpenter terminou os minutos inicais na ponta com o Conor Daly, Ed Carpenter e Rinus VeeKay no top-3. Simon Pagenaud, da Penske, passou por um momento de tensão ao passar com o carro na grama na pista de acesso. Ele acabou trazendo o #22 de volta aos boxes.

Com a pista lotada, o pole-position Scott Dixon tratou de tomar a ponta ao anotar 39s417, seguido por Will Power e Tony Kanaan. Cerca de 20 carros ocupavam a pista nas simulações de tráfego em Indianápolis. A alta quantidade de carros na pista seguia.

No meio das várias simulações, quem também recebeu punição foi Marcus Ericsson. O sueco da Ganassi abasteceu o carro sem desligar o motor, e precisou perder 10 minutos da sessão.

A primeira hora terminou com Dixon em primeiro, seguido por Will Power, Scott McLaughlin, Tony Kanaan, Simon Pagenaud, Sage Karam, Marco Andretti, Josef Newgarden, Sébastien Bourdais e Helio Castroneves. Karam, por sinal, foi o recordista de voltas, com 59. Uma mudança relevante aconteceu entre os tempos quando Josef Newgarden pulou ao segundo lugar, colocando três carros da Penske no top-5.

Com 45 minutos restantes para o fim do treino, o líder Scott Dixon trouxe o #9 da Ganassi de volta aos boxes e desceu do carro, encerrando sua participação no Carb Day. Se aproveitando de vácuo, Simon Pagenaud também melhorou o próprio tempo, anotando 39s620. Com o feito do francês, os quatro carros da Penske estavam no top-5, atrás de Dixon.

A sequência de carros da Penske no top-5 foi quebrada por Conor Daly, que voltou a melhorar tempo, com 39s752 e assumindo o terceiro lugar, tirando Scott McLaughlin. Daly eventualmente caiu para o quarto lugar, quando Newgarden recuperou posição, e ainda protagonizou um momento curioso ao chamar Santino Ferrucci de “psicopata” por evitar uma ultrapassagem na reta final do treino.

Com 10 minutos para o fim, a direção de prova acionou a bandeira amarela por conta do início da chuva em Indianápolis, posteriormente encerrando a atividade.

Indy 2021, 500 Milhas de Indianápolis, Carb Day:

1S DIXONGanassi Honda39.418 47
2S PAGENAUDPenske Chevrolet39.620+0.20289
3J NEWGARDENPenske Chevrolet39.673+0.25593
4C DALYCarpenter Chevrolet39.753+0.33570
5M ANDRETTIAndretti Honda39.753+0.33565
6W POWERPenske Chevrolet39.784+0.36682
7S McLAUGHLINPenske Chevrolet39.789+0.37166
8T KANAANGanassi Honda39.836+0.41848
9T SATORLL Honda39.876+0.45894
10S KARAMDRR Chevrolet39.904+0.48661
11P O’WARDMcLaren Chevrolet39.909+0.49193
12M CHILTONCarlin Chevrolet39.938+0.52089
13A ROSSIAndretti Honda39.942+0.52451
14S BOURDAISFoyt Chevrolet39.971+0.55333
15H CASTRONEVESMeyer Shank Honda39.971+0.55362
16J MONTOYAMcLaren Chevrolet39.974+0.55654
17J HILDEBRANDFoyt Chevrolet40.010+0.59270
18E JONESDale Coyne Honda40.016+0.59871
19G RAHALRLL Honda40.023+0.605100
20R HUNTER-REAYAndretti Honda40.050+0.63271
21J HINCHCLIFFEAndretti Honda40.081+0.66392
22A PALOUGanassi Honda40.089+0.67171
23M ERICSSONGanassi Honda40.095+0.67784
24F ROSENQVISTMcLaren Chevrolet40.102+0.68461
25D KELLETTFoyt Chevrolet40.169+0.75154
26S WILSONAndretti Honda40.170+0.75274
27S FERRUCCIRLL Honda40.199+0.78177
28C HERTAAndretti Honda40.238+0.82078
29J HARVEYMeyer Shank Honda40.239+0.82176
30E CARPENTERCarpenter Chevrolet40.241+0.82361
31R VEEKAYCarpenter Chevrolet40.346+0.92856
32S DE SILVESTROParetta Chevrolet40.355+0.93772
33P FITTIPALDIDale Coyne Honda40.509+1.09188

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar