Semanas após anúncio de empresário, Andretti confirma Sato na vaga de Muñoz no quarto carro para temporada 2017

Takuma Sato finalmente foi oficializado como o quarto piloto da Andretti para a temporada 2017. O japonês assume o carro #26 de Carlos Muñoz, que foi para a antiga equipe de Sato, a Foyt

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
O time da Andretti para 2017 está oficialmente completo. Nesta sexta-feira (2), o time confirmou o mais do que esperado acerto com Takuma Sato para a próxima temporada. Assim, o japonês entra para guiar o #26 e forma quarteto com Ryan Hunter-Reay, Marco Andretti e Alexander Rossi.

 
Aliás, a Andretti e a Foyt acabaram trocando seus pilotos. Carlos Muñoz seguiu para o repaginado time de AJ Foyt, enquanto Sato manteve de pé seu acordo com a Honda, indo para o quarto carro do time de Michael Andretti.
 
"Eu acho que se juntar a nós vai ser uma grande oportunidade para o Takuma. Ele ainda não teve a chance de estar em uma equipe em que os quatro pilotos trabalham juntos, com os engenheiros também colaborando. Ele tem muita experiência, vai nos ajudar bastante na evolução da equipe", comentou Michael Andretti.
Takuma Sato é da Andretti (Foto: IndyCar)
"Estou muito animado para trabalhar com Michael e a Andretti. O casamento com o time e a Honda é ótimo. A equipe já provou ano após ano ser competitivíssimo em todos os tipos de circuito. O que eles fizeram na última Indy 500 foi incrível. Também estou muito bem impressionado com o que estão fazendo para 2017", afirmou Sato.
 
Sato vai para sua oitava temporada consecutiva na Indy. O japonês tem, até aqui, o 13º lugar de 2011 como melhor resultado. Ao todo, soma cinco pódios na categoria, tendo vencido em Long Beach com a Foyt na temporada 2013.
 
A temporada 2016 foi dura para Takuma. Com apenas dois top-5, o japonês não passou do 17º lugar geral, anotando 320 pontos.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube