Wilson bate de forma bizarra no pit-lane e causa primeira amarela da Indy 500

A primeira bandeira amarela da Indy 500 foi causada por Stefan Wilson, da Andretti, e de maneira esquisita. O piloto perdeu o controle do carro #25 ao reduzir a velocidade e acertou a mureta

Stefan Wilson bateu sozinho (Vídeo: NBC)

A primeira bandeira amarela da Indy 500 veio com Stefan Wilson, da Andretti. Na volta 34 da corrida, o piloto inglês se envolveu em um estranho acidente dentro do pit-lane.

Wilson andava nas últimas posições quando partiu para o pit-stop. Todavia, na tentativa de reduzir bruscamente a velocidade, acabou perdendo o controle e batendo na mureta do pit-lane, quebrando a suspensão dianteira esquerda do carro #25 da Andretti.

Durante a amarela provocada por Stefan, Scott Dixon sofreu um tremendo azar. Precisou realizar um pit-stop sem combustível e teve dificuldades de religar o carro, perdendo terreno na briga pela vitória. O mesmo aconteceu com Alexander Rossi.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
WEB STORIES: Relembre os 10 últimos vencedores da Indy 500

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar