Super Prix do Havaí? A história da corrida de US$ 10 milhões que nunca aconteceu

Uma corrida com premiação milionária, com apenas a nata da Indy (no caso, a Cart) no fim da década de 1990 e num cenário paradisíaco. Como surgiu a ideia do Super Prix do Havaí e porque o evento nunca passou de um fracasso protagonizado por um empresário megalomaníaco


No fim da década que marcou os anos de ouro da Indy, um empresário resolveu criar um grandioso evento para reunir os melhores pilotos da categoria (no caso, a Cart) na temporada 1999. Daí nasceu a ideia de um GP (ou melhor, um SP, ou Super Prêmio) do Havaí. E era um super prêmio mesmo: seriam US$ 10 milhões (cerca de R$ 53,2 milhões) distribuídos aos 16 participantes, dentre eles Tony Kanaan, Gil de Ferran e Christian Fittipaldi. Queriam convidar até gente da F1, como Jacques Villeneuve e Alessandro Zanardi, que haviam passado pela categoria. Mas…
 
…tudo foi dando errado… errado… errado. 
 
No fim, foi um fiasco. Uma farsa. O GRANDE PRÊMIO relembra todos os detalhes da megalomaníaca corrida multimilionária, o Hawaiian Super Prix, que não aconteceu e nunca mais cogitaram fazer.
 

Paddockast #62
QUAL O LUGAR DE VETTEL NA HISTÓRIA DA F1?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube