Tempestade em Indianápolis cancela restante do treino, e Viso lidera terceiro dia de preparação para Indy 500

Os pilotos só tiveram 93 minutos para treinar nesta terça-feira por causa do dilúvio que assolou o Indianapolis Motor Speedway. O mais rápido deste intervalo foi Ernesto Viso, da Andretti, substituto temporário de James Hinchcliffe

93 minutos foi o tempo que os pilotos tiveram nesta terça-feira (13) para ajustar os carros visando as 500 Milhas de Indianápolis. O céu carrancudo começou a amedrontar o pessoal que estava no Indianapolis Motor Speedway enquanto se observava o radar e seus pontos imensos com as cores vermelhas se aproximando. Às 14h33 locais, a chuva chegou de vez; pouco mais de uma hora depois, a direção de prova verificou que não haveria mais condições de treinos.

Ernesto Viso acabou como o mais rápido. O venezuelano substitui, no carro #27, James Hinchcliffe, que se recupera de uma concussão estranhamente sofrida durante o GP de Indianápolis no último sábado. O canadense deve passar por novos exames amanhã para ser liberado a voltar a correr. O tempo de Viso foi 40s091, mais lento do que Ryan Hunter-Reay, um dos parceiros na Andretti, fizera ontem.

Ernesto Viso lidera terceiro dia encurtado em Indianápolis (Foto: IndyCar)

Kurt Busch é que vem surpreendendo pela adaptação rapidíssima aos monopostos. Campeão de 2004 na Nascar e ainda correndo pela categoria de stock car, o norte-americano que também faz parte do quinteto da Andretti terminou em segundo, 0s058 atrás.

Confira como foi o terceiro dia de treinos em Indianápolis

A ameaça de chuva a qualquer momento promoveu uma verdadeira corrida dos pilotos à pista. Nunca se viu tanto carro junto: 30 carros andaram hoje, com a volta de Sebastián Saavedra ao batente. O colombiano, pole do GP de Indianápolis, estava afastado esperando seu carro ficar pronto depois do forte acidente na largada daquela corrida. Mas andou pouco, coitado, sete voltas.

A sessão chegou a ser paralisada por causa de Juan Pablo Montoya. Também colombiano, o piloto viu sua Penske ficar lenta e tentou parar na faixa interna da pista para não atrapalhar os demais. A direção de prova achou por bem dar bandeira amarela. Ainda assim, Juan Pablo terminou em terceiro.

Carro de Juan Pablo Montoya é rebocado (Foto: Reprodução)

De resto, tudo correu mais ou menos como nos outros dias. Hunter-Reay ficou na quarta colocação e Marco Andretti foi o quinto — os dois haviam terminado em primeiro e segundo ontem. Penske e Andretti estão muito bem acertadas, já se nota bem. Scott Dixon tenta colocar a Ganassi ali no meio: foi sexto.

Vencedor do GP de Indianápolis, Simon Pagenaud acabou na sétima posição, logo à frente de Josef Newgarden, um dos pilotos da equipe de Sarah Fisher. O novato Sage Karam, da Dreyer & Reinbold Kingdom/Ganassi, ficou em nono e Takuma Sato, da Foyt, terminou em décimo.

Os brasileiros ficaram juntos: Helio Castroneves (Penske) acabou com o 14º tempo e Tony Kanaan (Ganassi) foi o 15º. As atividades serão retomadas nesta quarta-feira, a partir das 13h (de Brasília).

GRANDE PRÊMIO vai a Indianápolis nesta semana para a cobertura da Indy 500. Acompanhe a melhor cobertura da principal corrida do automobilismo mundial aqui.

Indy, 500 Milhas de Indianápolis, treinos livres, dia 3:

1 27 ERNESTO VISO VEM ANDRETTI HONDA 40.091   43
2 26 KURT BUSCH EUA ANDRETTI HONDA 40.150 +0.059 39
3 2 JUAN PABLO MONTOYA COL PENSKE CHEVROLET 40.158 +0.067 25
4 28 RYAN HUNTER-REAY EUA ANDRETTI HONDA 40.248 +0.157 53
5 25 MARCO ANDRETTI EUA ANDRETTI HONDA 40.249 +0.158 23
6 9 SCOTT DIXON NZL GANASSI CHEVROLET 40.316 +0.225 53
7 77 SIMON PAGENAUD FRA SCHMIDT PETERSON HONDA 40.347 +0.256 29
8 67 JOSEF NEWGARDEN EUA FISHER HARTMAN HONDA 40.421 +0.330 46
9 22 SAGE KARAM EUA DRR KINGDOM CHEVROLET 40.424 +0.333 46
10 14 TAKUMA SATO JAP FOYT HONDA 40.452 +0.361 20
11 34 CARLOS MUÑOZ COL ANDRETTI HONDA 40.467 +0.376 40
12 8 RYAN BRISCOE AUS GANASSI CHEVROLET 40.474 +0.383 39
13 6 TOWNSEND BELL EUA KV CHEVROLET 40.495 +0.404 42
14 3 HELIO CASTRONEVES BRA PENSKE CHEVROLET 40.504 +0.413 56
15 10 TONY KANAAN BRA GANASSI CHEVROLET 40.545 +0.454 40
16 83 CHARLIE KIMBALL EUA GANASSI CHEVROLET 40.552 +0.461 33
17 21 JR HILDEBRAND EUA CARPENTER CHEVROLET 40.588 +0.497 33
18 12 WILL POWER AUS PENSKE CHEVROLET 40.611 +0.520 57
19 7 MIKHAIL ALESHIN RUS SCHMIDT HONDA 40.665 +0.574 26
20 19 JUSTIN WILSON ING DALE COYNE HONDA 40.690 +0.599 19
21 20 ED CARPENTER EUA CARPENTER CHEVROLET 40.742 +0.651 26
22 5 JACQUES VILLENEUVE CAN SCHMIDT PETERSON HONDA 40.744 +0.653 32
23 11 SÉBASTIEN BOURDAIS FRA KV CHEVROLET 40.750 +0.659 22
24 68 ALEX TAGLIANI CAN FISHER HARTMAN HONDA 40.882 +0.791 22
25 15 GRAHAM RAHAL EUA RLL HONDA 40.964 +0.873 37
26 16 ORIOL SERVIÀ ESP RLL HONDA 40.969 +0.878 17
27 18 CARLOS HUERTAS COL DALE COYNE HONDA 41.031 +0.940 43
28 63 PIPPA MANN ING DALE COYNE HONDA 41.043 +0.952 37
29 41 MARTIN PLOWMAN ING FOYT HONDA 41.212 +1.121 22
30 17 SEBASTIÁN SAAVEDRA COL KV CHEVROLET 43.065 +2.974 7

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube