Indy

Titular da Carpenter na última temporada, King assina com RLL e estreia na Indy 500 de 2019

Jordan King não conseguiu se manter como titular para a próxima temporada, mas assinou com a RLL e vai ter a chance de andar na Indy 500 pela primeira vez na carreira
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Jordan King (Foto: IndyCar)

A RLL anunciou mais um piloto para 2019. Já renovada com Graham Rahal e Takuma Sato para a temporada 2019, a equipe confirmou, nesta quarta-feira (14), Jordan King para a disputa das 500 Milhas de Indianápolis do ano que vem.
 
Aos 24 anos, King vai para seu segundo ano de Indy. O inglês foi titular da Carpenter em 2018, disputando todas as corridas em circuitos mistos e de rua no carro #20, que nos ovais era do chefe do time Ed Carpenter. Portanto, será a primeira vez de Jordan em um oval.
 
"Estou muito feliz em anunciar que estarei na Indy 500 2019 com a RLL. Essa corrida é uma que eu tenho sonhado muito nos últimos anos e isso só aumentou em maio, quando assisti ao evento de perto e só queria estar lá. Vai ser um grande momento na minha carreira. De uma hora para outra, passei de não conseguir um carro para me garantir numa das maiores corridas do mundo, isso é um alívio. Queria agradecer ao pessoal da RLL pela confiança, espero retribuir na pista. Vai ser meu primeiro oval, então eu vou aprender a cada saída de pista. Espero colocar mais essa no meu currículo", disse o britânico.
Jordan King vai para a RLL na Indy 500 2019 (Foto: IndyCar)
Jordan, que também passou pela F2 e bateu na porta da F1 ao fechar como piloto de desenvolvimento da antiga Manor, impressionou Bobby Rahal em seu ano de Carpenter.
 
"Jordan me impressionou com o ritmo dele em várias corridas ano passado. É claro que eram provas todas na rua ou no misto, mas ele vai pegar o jeito rápido. Ainda que seja a primeira vez dele em um oval, terá bastante tempo para se preparar. Terá dois companheiros fortes e uma equipe forte para que essa curva de aprendizado dele seja acentuada. Estamos ansiosos", afirmou o chefe do time.
 
King teve um 2018 de altos e baixos. Apesar de bastante rápido, o inglês se envolveu em diversos acidentes e fechou o ano com 175 pontos em 11 corridas disputadas, na 22ª colocação geral.