Vasser admite parceria com Ganassi para convidar Zanardi para Indy 500 em 2013: “Estou falando sério”

Em entrevista ao site ‘Speed’, Jimmy Vasser, dono da KV Racing, admitiu que vai fazer de tudo para convidar Alex Zanardi para disputar as 500 Milhas de Indianápolis da próxima temporada e já acenou uma parceria com Chip Ganassi

A segunda-feira (5) foi bem agitada para Alex Zanardi. Pela manhã, início da tarde em Londres, o ex-piloto venceu a competição contra o relógio das bicicletas de mão, classe H4, e conquistou a medalha de ouro nos Jogos Paralímpicos. Pouco depois, ao site ‘Speed’, Jimmy Vasser, um dos donos da KV Racing, equipe dos brasileiros Rubens Barrichello e Tony Kanaan, confirmou que negocia uma parceria com Chip Ganassi para convidar o italiano a fazer parte da equipe que vai disputar as 500 Milhas de Indianápolis no próximo ano.

"Ele disse a um repórter ontem para eu ficar atento porque ele quer correr a Indy 500 no ano que vem", confirmou Vasser. "E ele não estava brincando e que não é como nós estamos levando isso [na brincadeira]. Tenho que tê-lo em um carro na Indy no ano que vem", afirmou o dirigente, que foi companheiro do italiano na Ganassi por três temporadas.

O dirigente confirmou que teve uma conversa preliminar com Chip Ganassi sobre uma parceria entre as duas equipes para convidar Zanardi para correr na Indy 500.

Zanardi ganhou o ouro nos Jogos Paralímpicos nesta quarta-feira (5) (Foto: Divulgação)

"Eu falei com Chip, que disse que é necessário que um de nós dois intervenha para convidá-lo para que corra comigo, com ele ou em algum carro de nossa parceria. Estou falando sério. Fique atento”, finalizou Vasser, dando a entender que o convite será feito formalmente.

Ganassi confirmou as palavras de Vasser e afirmou que, se Zanardi participar da prova um dia, deseja que seja com ele. "Eu certamente gostaria de fazer isso [chamar o atleta para disputar a Indy 500] e eu não gostaria que ele fizesse isso com outra pessoa”, explicou. "Agora é só conversa, mas eu acho que podemos obter muito apoio para isso”, falou.

Mas ele sabe que colocar o italiano em um carro da Indy não será tarefa simples e que alguns testes precisam ser feitos. "Ele pilotou um carro da Indy há muitos anos e você não pode simplesmente chegar e correr com ele. Você precisa de testes, descobrir como funciona e fazer inúmeras coisas antes de considerar um retorno”, opinou.

Por não ter as duas pernas, Zanardi precisaria de um carro todo especial para disputar a prova mais tradicional da Indy, mas não seria problema para a Dallara, a fornecedora do chassi, que confirmou ser capaz de fazer as adaptações necessárias. E o outro ponto a favor é que os dois trabalham em conjunto no desenvolvimento da bicicleta de mão usada pelo atleta, o que pode acelerar possíveis testes no futuro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube