Wickens destaca experiência no DTM como chave para sucesso na classificação e elogia “melhor companheiro” Hinchcliffe

Robert Wickens é uma das grandes sensações do início da temporada 2018 da Indy. O canadense vê a Schmidt Peterson, a parceria com James Hinchcliffe e a experiência no DTM como fatores para seu sucesso precoce

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Robert Wickens vai tendo um excelente início de trajetória na Indy. Pole em St. Pete e líder até as últimas voltas, o canadense voltou a andar bem na classificação em Phoenix e se colocou no sexto lugar no grid. De acordo com Wickens, uma série de fatores tem levado ao seu sucesso: experiência de anos no DTM, a parceria com o amigo e companheiro de equipe James Hinchcliffe e o grande trabalho da Schmidt Peterson.

 
O canadense explicou que já vivia sob pressão nas classificações do DTM e que tinha, na Alemanha, um formato similar ao da definição do grid nos ovais da Indy.
 
"Eu realmente gosto desse formato de classificação, me lembra do DTM, em que eu tinha uma volta para fazer o que desse. Se chegasse ao Q4, ficava com pneus no limite e aí era uma volta para ver no que dava. Acho que aquela pressão toda me ajudou aqui. É uma sensação espetacular. Você está cheio de adrenalina, senta no carro e fica lá esperando para ter seus 40 segundos de fama", disse à revista americana 'Racer'.
Robert Wickens está em um relacionamento sério com a Indy (Foto: Indy)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Outros fatores que foram elencados por Wickens como essenciais para o sucesso foram a parceria com o amigo de longa data Hinchcliffe e a fase que vive a SPM, que está com um dos melhores carros do grid até aqui.

 
"Definitivamente, está sendo melhor do que o esperado. Você nunca pode subestimar ninguém no esporte e tudo o que posso dizer é que o time está me dando um carro muito veloz, eu tenho possivelmente o melhor companheiro de equipe da categoria e só temos a crescer. Estamos em ótimo momento, temos grandes carros e estamos em boas posições de largada", seguiu.
 
Robert acabou de chegar na Indy, ainda é novato, mas está encantado com o ambiente da categoria.
 
"A equipe tem uma grande parcela nesses meus resultados até aqui. Sou um cara muito analítico e passo horas vendo vídeos. Tem sido uma grande experiência e a vida na Indy é muito agradável, espero que seja assim sempre", completou.

CEDO DEMAIS?

ALONSO ENTRA NO ‘MODO EMPOLGOU’ ANTES DO TEMPO

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube